Quem somos

Talvez seja falar quem nós não somos: não somos críticos de cozinha, apenas gostamos de comer bem. E isso não quer dizer necessariamente gastar muito. Ou pouco. Somos um casal, como tantos outros pela cidade, que encontra nas refeições um dos melhores prazeres da vida. Não julgamos o livro pela capa, tampouco viramos o nariz para qualquer coisa que possa ser diferente. Gostamos do simples ao luxuoso, do clássico ao moderninho, todo tipo de comida que tenha apenas o mesmo denominador em comum: o sabor.

Menina dessas, na casa dos 20, que esconde uma fome insaciável num corpo de 1,60m. Adorou a ideia de criar um blog que falasse de comida, e é uma dessas pessoas que quanto mais come, menos engorda. Não esconde de ninguém: odeia ovo, e não é muito fã de queijo. Mesmo assim, não deixa de experimentar alguma coisa nova, por mais estranho que possa parecer. Trabalha com Comunicação, e quando não está atrás de uma mesa digitando, provavelmente está manejando um talher. Ou um hashi. Ou as próprias mãos.

Quando sugeriu criar o blog, provavelmente estava buscando uma desculpa pra comer sem culpa. Alguns quilos, e muitos pratos depois, não se arrepende da ideia, e ainda pretende experimentar todas as coxinhas do mundo. Também trabalha com Comunicação, está na casa dos 30 e expandiu um pouco seu leque nos últimos tempos: além de comida italiana e japonesa, se encanta com as culinárias alemã, colombiana e francesa. Gosta muito de fast-food, tanto que escreve quinzenalmente a coluna de mesmo nome. Do que não gosta? Como sempre, palmito, ervilha e azeitonas.