Sandoui, no Jardim Paulista

Piscou, perdeu. Uma sanduicheria dentro de um bairro com tantas boas opções de restaurantes, mas que ainda assim vale ficar procurando a entrada do escondido sobrado azul. E falamos certo, sanduicheria, não uma hamburgueria. Os lanches mais tradicionais com carne também fazem parte do cardápio, mas a criatividade por aqui corre solta, oferecendo algumas interessantes combinações pra quem está procurando por uma refeição diferente. Nas próximas linhas você vai poder conhecer mais detalhes de um dos cardápios com maior potencial de indecisão da história recente.

chapeu-galeria

Descobrimos o Sandoui meio sem querer procurando na internet mesmo, assim que vimos as fotos dos lanches não tivemos dúvida, nós tínhamos que provar.

A pequena casa que não chama muita atenção, fica escondida em uma rua super conhecida de São Paulo. Mesas pequenas e o balcão são o que a casa tem, além de um pequeno parking do lado de fora.

Sentamos no fundo onde ficam algumas mesas em um espécie de estufa da no fundo da casa. O garçom logo veio nos atender e nos deu dois cardapios, o de comida e o do bebida, ambos são amplos e super bem montados. Como entrada escolhemos uma porção de bolinhos de pastrami, já tinha visto a foto e por isso escolhemos. Foi realmente uma ótima escolha, fresco e extremamente saboroso, a porção tem o ingrediente principal da casa e não decepciona nem um pouco.

Na hora de escolher o lanche foi bastante difícil, me interessa por pelo menos 5 deles. Pedi ajuda para o garçom que não teve dúvidas em me indicar o Ceasar Sandwich, que é uma lanche de frango empanado, alface, molho ceaser e pesto de rúcula. O lanche é incrível, o frango é sensacional, o molho e a alface combinam bem, assumo que o pesto parecia muito ser se azeitona, mas posso estar errada. Pedimos a porção de fritas para acompanhar e ela também são uma ótima escolha.

A casa tem o charme e o sabor que precisa para se diferenciar, além claro de ter no cardápio opções para todos os gostos. Atendimento impecável e sabor são complementares, e deixam a casa ainda mais atraente.

Pra ser honesto, fui meio no escuro. Cheguei achando que ia em um outro lugar, com nome parecido, mas acabei almoçando em outro. Grata surpresa.

Acanhado, o restaurante – ou seria melhor chamar de lanchonete? – tem três ambientes que agradam todos os perfis: desde o parklet do lado externo, passando pelo intimista salão com luz baixa e o jardim aos fundos da casa. Uma boa iluminação faz toda a diferença – ainda mais para fotos – então ficamos na última opção.

Tudo estava ótimo até chegar o cardápio. Como dissemos lá na abertura desse review, eita decisão difícil de ser tomada. Naturalmente um cheeseburger chama muita atenção, mas a intenção era experimentar coisas, diferentes, então meio que foi vetado.

Meio que no uni-duni-tê acabalhei escolhendo o Cheese Chorizo (R$ 34), que parece ser um dos principais da casa. Feito com carne em cubos marinado, queijo emmenthal e chimichurri, envolto em um pão de batata doce, essa foi uma decisão feliz depois da primeira mordida. De cara, o problema: o pão não tem, nem de longe, toque de batata doce. Lembra mais um pão de brioche, e beleza.

Os cubos de carne são suculentos – embora não tão macios – que ornam com o molho típico dos hermanos. O queijo só dá aquele tapa final pra deixar tudo ainda melhor. Decisão acertada. Ponto.

Como a experiência não poderia acabar por aí, pedimos duas entradas – que vieram antes do lanche, só pra você entender a linha do tempo. O Croquete de Pastrami (R$ 19) tem como único ponto chato vir em um número impar. Para casais esfomeados, como é o nosso caso, acabou sendo motivo de disputa pelo último motivo (mentira, eu cedi).

Se tivesse como dar um prêmio de surpresa do almoço, certamente iria pra despretensiosa porção de Fritas Maison (R$ 9). Fininhas e crocantes, são viciantes e bem gostosas. Ficamos em silêncio sepulcral por alguns minutos, até a tigela ficar totalmente vazia.

Por fim, mas não menos importante, a sobremesa. De novo, a bendita indecisão. Acabamos por escolher o Bolo de amêndoas com laranja e creme inglês (R$ 19), que pode assustar pelo valor, mas compensa pelo sabor. Bem bom, e o creme é uma delícia sem fim.

Entre mortos e feridos, o que resta por aqui é olhar no calendário pra ver quando podemos voltar. E também visitar o outro restaurante com nome parecido.


Sandoui – Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 1537 – Jardim Paulista; Abre: terça a domingo; Contato: 3051-4750; Transporte: ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito; Faixa de preços: $.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s