Tigre Cego, na Vila Madalena

Um ambiente descontraído na Vila Madalena, com um atendimento legal e sanduíches gostosos em seu cardápio. Soma isso tudo ao fato de ter estacionamento gratuito. Parece pouco? Mas não é não, ainda mais considerando o bairro que você praticamente paga pra respirar. Se está com vontade de sair pra comer alguma coisa diferente, o Tigre Cego aparece como oportunidade interessante, que consegue sair do arroz com feijão. Mas se você está procurando um lanche mais tradicional, não se preocupe, a casa oferece isso também em seu cardápio. Parece interessante?

chapeu-galeria

O Tigre Cego tem uma proposta diferente e o nome também, não sabemos o porquê do nome, mas é uma lanchonete. O ambiente bastante moderno e o atendimento bastante diferenciado, a casa procura oferecer um ambiente descolado e exclusivo, assim como os seus lanches. Digo lanches porque a maior parte dos pratos não são hamburguês e sim lanches bastante diferentes do comum.

Sentamos em uma mesa do lado de fora do restaurante pois no dia estava bastante concorrido o lado de dentro do restaurante. Para começar pedimos duas porções, que tem preços BEM justos. A primeira foi a porção de batata, batata doce e mandioquinha fritas e é servido com ketchup artesanal da casa. A porção é bem servida e bastante saborosa, a variedade na porção faz com que ela fique ainda mais interessante, e todos os três aperitivos são maravilhosos e combinam muito bem com o ketchup artesanal que é uma delícia.

A outra porção que pedimos me chamou atenção desde começo, foi o Cheese Pop’s que são dadinhos de queijo coalho empanado com farinha de tapioca flocada com molho de geleia de pimenta. A porção também é super bem servida e diferente do comum, o queijo coalho fica com bastante sabor e a farinha flocada dá a crocância que o queijo pede e combina perfeitamente com a geleia de pimenta.

Para escolher o lanche foi um difícil pois todas as opções era excêntricas e tinha combinações que me chamavam atenção. Pedi então Pollo Borracho, que era composto de filé de sobrecoxa de frango empanado e marinado com tequila e limão, servido com bacon, pesto de abacate e coentro, pico de gallo e picles de jalapenho grelhado no pão de brioche. Quando li a descrição fiquei com muita vontade de provar, o lanche é muito bom, porém a sobrecoxa inteira é um pouco difícil de ser mordida as vezes. A combinação dos ingredientes é muito boa e tudo tem muito sabor, a única coisa que não senti foi a jalapenho e olha que achei que ela deixaria o lanche super apimentado.

Ambiente bacana, comida muito boa e um atendimento de primeira faz a casa ter diversos atrativos para quem procura um lugar legal e descolado para qualquer dia da semana. E mais um ponto positivo é que a casa oferece estacionamento de graça em plena Vila Madalena.

Quando a Na comentou sobre o restaurante, juro que não fazia muito ideia do que se tratava. Afinal, Tigre Cego abre margem pra muita interpretação.

Embora em um primeiro momento imaginava que pudesse se tratar de alguma casa asiática, para minha surpresa, estamos falando de uma lanchonete especializada em lanches com ingredientes diferentes.

Com um cardápio curto, o grande diferencial por aqui são os sanduíches em diferentes formatos, além, claro, de algumas opções de hambúrguer, pra agradar gregos e troianos. Não apenas os pratos principais, algumas boas opções de entrada, e de saladas, se destacam quando você busca um lugar pra fugir daquele básico de sempre.

Pra se ter uma ideia, as entradas escolhidas foram o Cheese Pops (R$ 24) e a Porção Mista (R$ 16). Enquanto o último era representado por fatias de batata, batata doce e mandioquinha fritas, a segunda se tratava de cubos de queijo coalho, também frito, e empanado com farinha de tapioca flocada. Mas o que seria isso? Algo que vai te fazer lembrar de pipoca.

Embora pudessem ser mais bem servidas, ambas se sobressaem no sabor. Os tubérculos são bem sequinhos, e ficam ainda melhores com o excelente ketchup da casa, e os quadrados de queijo são bem únicos, apresentando uma crocância particular.

Como prato principal escolhi o Brisket (R$ 35), tostado recheado com carne assada desfiada, justamente ao estilo americano, acompanhado de queijo provolone e uma maionese de jalapeño. Bom? Sem dúvida, a combinação é interessante, e os ingredientes ornam entre si.

Minha ressalva para o prato é a relação custo-benefício. Entendo que quantidade não pode ser sinônimo de qualidade, mas é de se espantar para o tamanho do prato que chega à mesa, quando considerado o valor dele.

Outro ponto que não pode passar batido é o fato de termos sido colocados no balcão externo, embora tivéssemos reserva. Claro que não é um problema sentar ao ar livre, mas a explicação passada de que a casa tinha muitas reservas não colou, já que: a) tínhamos uma reserva também; b) a casa estava vazia.

Fora isso, o Tigre Cego é sim uma boa opção pra conhecer em São Paulo. E caso também esteja com a dúvida, o nome vem da criação do dono, uma vez que felinos possuem um paladar selvagem, segundo ele.


Tigre Cego – Rua Girassol, 654 – Vila Madalena; Abre: terça a sábado; Contato: 3586-8370; Transporte: ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito; Faixa de preços: $.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s