Napoli Centrale, em Pinheiros

Quem não gosta de pizza? Ainda mais se tratando de uma pizza bem feita, com bastante recheio e um sabor de destaque. Paixão da cidade, as combinações são inúmeras, fazendo dela a comida preferida de muitos. Dessa maneira, sempre que encontramos um lugar interessante, e que valha a pena conhecer, corremos pra fazer uma visita e contar tudo pra você.

Foi assim com o Napoli Centrale. Já tínhamos ido um bom tempo atrás, quando a pizzaria recebera a certificação da verdadeira receita napolitana. Tempo passou, e chegou a hora de saber todos os detalhes desse pedacinho escondido em Pinheiros.

chapeu-galeria

O Mercado de Pinheiros tem cada vez mais investido em uma gastronomia interessante, além claro, de ter as diversas bancas de frutas, carne e frutos do mar. Além da Napoli Centrale, o mercado tem alguns restaurantes que chamam bastante atenção como a Comedoria Gonzales e o Café Mocotó. Todos as restaurantes do mercado possuem um espaço pequeno e por isso as mesas são poucas, ainda sim fomos em uma sexta e não estava muito cheio.

A única coisa ruim é que como a pizzaria fica dentro do mercado ela acaba fechado um pouco cedo, mas você entrando é atendido sem problemas algum. Os pedidos são feitos no caixa até mesmo por sua disposição ser basicamente um balcão e algumas mesas altas. Assim que chegamos as mesas estavam ocupadas então sentamos no balcão. O cardápio é tentador e você fica com vontade de provar quase tudo, as pizzas são certificadas como verdadeiras pizzas napolitanas pela AVPN (Associazione Verace Pizza Napoletana).

A pizza napolitana é aquela individual que não são muito extravagantes, mas que normalmente tem o melhor sabor e muitas vezes podem ser comidas com a mão, como é o caso da Napoli Centrale. Mas antes de falar na pizza, a casa oferece também algumas boas entradas, pedimos o arrancini de ragu de calabresa para começar. O Arrancini é super saborosa e tem um preço super justo, a porção é ok e os bolinhos poderiam ser um pouco maior, mas tem um sabor muito bom e é bem sequinha, nem parece frito.

As pizzas não têm muitas opções de recheio acredito até pela praticidade e pouco espaço da casa, mas todas elas são bem interessantes. Acabei pedindo uma das pizzas mais tradicionais que é a Marguerita. Nela vinha, molho de tomate, pedaços de tomate, queijo e manjericão, é a formação tradicional da pizza marguerita, porém o molho de tomate usado é algo surreal de bom. A massa é fina e ao mesmo tempo saborosa, ela também tem um tamanho bem justo por ser individual. A pizza é muito saborosa e super tradicional.

A parte de comer com a mão fica um pouco difícil pois a massa é muito fina, mas é tanto sabor que vale a pena experimentar de todos os jeitos. Tudo que é servido o Napoli Centrale é extremamente bem feito e com ingredientes de extrema qualidade. O que ajuda ainda mais é o custo benefício, eu comi realmente muito bem e saiu um pouco menos que 40 reais para a entrada, prato principal e bebida.

Alguma vez você já entrou no Mercado de Pinheiros? Não fique triste se a resposta for negativa. Até pouco tempo atrás, eu também não. Mas isso mudou quando conheci a mini-praça-de-alimentação que vem se formando no segundo andar dele.

Com uma decoração meio industrial, e um belo forno embalado em metal, a Napoli Centrale tem tudo pra ser uma das pizzarias queridinhas de quem realmente gosta de pizza na cidade. Isso pois oferece um cardápio sucinto, bem preparado e com um preço justo.

Além das pizzas, a casa oferece sobremesas, vinhos e entradas pra comer sozinho ou acompanhado. Como não poderia deixar de ser, pedimos um quitute pra beliscar, antes do prato principal chegar. No caso, escolhemos o Arancini com Ragu de Calabresa (R$ 12), servido com quatro bolinhos.

E sejamos honestos, a visita já vale pela entrada. Que coisa gostosa. Mesmo um pouco engordurado, o sabor é bastante gostoso, com a carne se destacando no samba louco dos ingredientes.

Mas como estamos em uma pizzaria, temos que ser objetivos, não é mesmo? Como disse, o cardápio é bem simples, com poucas opções pra escolher. Além de uma especial do mês, existem meia dúzia de tipos, que vão desde a mais tradicional, apenas com molho de tomate, até umas combinações surpreendentes.

Claro que fui na diferente. Chamada Burrata e Parma (R$ 32), ela é feita basicamente com os dois ingredientes, acompanhados de raspas de limão siciliano; Pra quem não teve a chance de experimentar burrata, se trata de um queijo muçarela preparado com creme de leite, com uma consistência super cremosa.

Agora, imagina isso cobrindo uma pizza, com umas boas lascas de presunto cru e raspas de limão pra dar aquela explodida no sabor. Tem como dar errado? Claro que não. Quatro fatias só pra você (ou pra mais uma pessoa, se decidir dividir), de muita coisa boa. Não é perfeito, tem seus lados negativos, como servir a pizza em um papel pardo, mas nem vale dar bola pra isso. Apenas vá, experimente, e seja feliz.


Napoli Centrale – Mercado de Pinheiros, Rua Pedro Cristi, 89 – Pinheiros; Abre: segunda a sábado; Contato: 3031-1689; Transporte: metrô, ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito, vr; Faixa de preços: $.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s