La Piazza, na Vila Olímpia

E cá estamos nós! Depois de tanto tempo, decidimos voltar ao Eataly pra conhecer de perto mais um de seus restaurantes. Como a gente disse aquela vez, o lugar reúne, além de um mercado gourmet, uma porção de restaurantes, um especializado em um tipo de comida. No La Piazza – a praça, em italiano – a coisa acaba sendo um pouco diferente, já que não existe um cardápio específico, como massa, pizza, carne ou peixe. Aqui a ideia é reunir aperitivos e pratos que possam ser compartilhados, tal qual uma praça lá na bota. Parece interessante? Então vamos aos detalhes.

chapeu-galeria

O Eataly é um lugar bem diverso, tem opção para todo mundo e é para todo mundo mesmo, são tantas opções tanto de restaurante como de produtos que acabamos nos perdendo dentro de tanta coisa boa. Depois da nossa visita ao Rossopomodoro percebemos que talvez valesse a pena mostrar outros restaurantes do mercado, pois os cardápios são super diversos.

Então escolhemos o restaurante que mais tem a cara do Eataly, o La Piazza é super diversificado e diferente do que muitas pessoas pensam, ele não serve pizza. O cardápio é extremamente diversificado, tem um pouco do melhor de cada restaurante, mas como padrão dos cardápios da casa não são muitas opções para você acabar não sabendo o que pedir. Os ambientes dos restaurantes são quase padrão também e podem ser vistos por qualquer pessoa que esteja passeando no local.

Íamos pedir uma entrada quando vimos que aquele restaurante tinha arancini, então acabamos não resistindo a tentação do bolinho de risoto e acabamos pedindo. É uma mini porção e vem duas unidades com sabores diferentes, no dia que pedimos era peito de peru com queijo branco e ragu de linguiça com mussarela de búfala. Eu particularmente gostei muito dos bolinhos, eles são frescos e sequinhos, quanto ao recheio, o de ragu é especial e tem um sabor realmente marcante e muito bom!

O cardápio pela sua diversificação acaba se tornando um pouco difícil na hora de escolher o prato principal. Acabei pedindo um bife a parmegiana que vinha acompanhado de batata, o prato quando chega aparenta ser pequeno, porém não é nenhum pouco. O bife é realmente grande e extremamente saboroso, principalmente pelo molho e queijo que cobrem a carne. O sabor é fora do comum e a carne veio no ponto certo, já as batata são simplesmente esquecidas no prato, não tem muito sabor, mas também não é ruim.

Os restaurantes no Eatlay nunca são baratos, mas tudo que é servido é feito com produtos de extrema qualidade, além de ser feito quase perfeitamente igual um ao outro. Um lugares que você vai gasta e sabe que valeu cada centavo.

Veja bem. A ideia do restaurante aqui é ser uma espécie de boteco italiano, com uma grande variedade de porções e drinques. Mas, na minha humilde opinião, poderia ser o restaurante da fritura. Até existem outros tipos de comida, como uma lasanha de massa verde, ou uma burrata com pesto de entrada, mas, como diz o ditado, é da fritura que elas gostam mais.

Pra se ter uma ideia, até um hambúrguer requintado é oferecido no cardápio, que tenta trazer um pouco de cada um dos outros restaurantes. Ainda assim, o que nos chamou mais atenção foram as opções fritas. A começar pelo Duo di Arancini (R$ 14), uma porção com dois tipos de arancini, aquele bolinho de risoto.

Segundo o cardápio, sempre é válido perguntar para o garçom quais as opções do dia, uma vez que os sabores são vários. Durante a nossa visita tínhamos o de Ragu com Muçarela de Búfala, e também o de Peito de Peru com Queijo Branco. E a porção te traz um de cada, pra ter uma chance de experimentar todos.

Por se tratar de peito de peru, logo achei que gostaria mais da outra opção. Mas foi esse que conseguiu minha atenção. Um pouco mais saboroso, um pouco mais salgado e um pouco mais gostoso. O de ragu, por algum motivo divino, pareceu bastante insosso quando chegou à mesa. Claro que o molho de Chipotle, disponível para pedir, ajuda no sabor. Mas por si só, esperava um pouco mais dele.

Como a ideia do restaurante é compartilhar, acabamos compartilhando até os pratos principais. Pedi o Manzo alla Milanese (R$ 46), que traz um bife à milanesa acompanhado de uma salada de rúcula, tomate cereja e fatias de grana padano. Por sua vez, a Na escolheu o Manzo alla Parmigiana (R$ 52), que trazia consigo uma porção de batatas assadas no forno.

Gostei do meu prato. Entretanto, acho que falta algo a mais pra fazer dele um prato especial. Afinal, estamos falando de um file à milanesa. Tudo bem, ele é bastante sequinho e crocante, mas não é tão difícil encontrar opções tão boas por aí, com a metade do preço. Não que esteja reclamando do preço, mas do que é oferecido por ele.

Já o parmegiana é outra história. Sem dúvida um dos mais gostosos que já experimentei até hoje. Com um sabor surpreendente e salgado na medida certa, tem no queijo seu maior destaque. Talvez o espírito simples deste que vos fala tenha sentido a falta de um arroz, e uma concha a mais de molho. Todavia, as batatas são gostosas, e combinam com o prato.

Entre todos os restaurantes do Eataly, esse é um que realmente vale a visita. Seja pra tomar uns drinques após o trabalho, ou apenas jantar com uma companhia, o La Piazza é agradável e oferece boas opções em seu cardápio.


La Piazza – Eataly, Avenida Juscelino Kubitschek, 1489 – Vila Olímpia; Abre: todo dia; Contato: 3279-3300; Transporte: ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito, vr; Faixa de preços: $$.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s