L’Entrecôte d’Olivier, no Jardim Paulista

Então é Natal. A gente nem parou pra pensar direito, e mais um ano chega ao fim! Logo menos temos Simone tocando nas rádios pelo mundo afora e uma dúvida que bate em qualquer pessoa: já é hora de comer como se não houvesse amanhã? Como sempre apoiamos uma boa refeição, fomos até o L’Entrecôte d’Olivier pra uma visita especial, aquela nossa tradicional visita de fim do ano, a última da temporada, com um gostinho de presente de Natal. Se você ainda não teve a chance de conhecer o simpático bistrô do chef francês, agora é a hora de conseguir todos os detalhes e ser feliz.

Como fim de ano é sempre uma época de festa, alegria e muita paz, vamos deixar esse último post de 2016 fresquinho, mas prometemos voltar logo que janeiro chegue. Até lá já vamos pesquisar novos sabores, novos lugares e novas modas pra ir atrás, e selecionar o que a cidade tem de melhor. Seja de comer, de beber, de gastar muito ou gastar quase nada, 2017 está chegando, e vamos continuar buscando o melhor de São Paulo. Quer ir junto? Então até janeiro!

chapeu-galeria

161219-olivier-02

O Natal está chegando e apesar de não estarmos falando de nenhum peru ou tender, estamos falando do bom e velho entrecôte. Visitamos o L’Entrecôte d’Olivier como especial de Natal, porque acreditamos que é um dos restaurantes de São Paulo que realmente valem a pena ser visitado em qualquer data. A casa que visitamos na Alameda Lorena fica perto da Oscar Freire, e casa se destaca por ter uma parede colorida que chama atenção.

Fomos em uma sexta à noite e achei que estaria meio cheio, afinal era sexta-feira, mas não estava nenhum pouco, o amplo salão tinha muitas mesas ocupadas, porém estava longe de lotar e ter filas. O espaço é realmente grande e super charmoso, tem aquela cara de um bom bistrô, misturado com um toque de moderno em tudo. Sentamos em uma mesa no fundo onde parecíamos estar excluídos, e poderíamos ter sido excluídos pelos garçons, mas não foi o que aconteceu.

Contrário do que imaginei que iria acontecer, nós fomos super bem atendidos, talvez tenha sido o melhor atendimento desde que começamos o blog. Os garçons eram educados, simpáticos e bem-humorados, todos na medida certa, sem exagerar em nada e sempre à disposição para nos atender. Alguns de vocês podem não saber, mas a casa tem apenas uma opção de prato (entrada + prato principal) que sai por 79 reais.

A entrada chegou rapidamente e logo provamos, é uma salada simples de folhas, nozes e um molho, que acredito ser molho de mostarda. A salada é realmente boa, e eu não sou das maiores fãs de folhas, mas elas combinam muito bem, o molho e as nozes, tão um sabor ainda melhor para uma boa e leve entrada. O prato principal, que é composto de carne de entrecôte e batata frita, não me recordo se tinha o tamanho exato da carne no cardápio, mas chutaria ser algo em torno de 200g. O corte é grande e veio exatamente no ponto que pedi, o molho que vem por cima é feito de mostarda, ele é um pouco mais fraco que a mostarda dijon.

O prato principal é muito bem pensado, você come bem e com as fritas à vontade, acaba se tornando um prato bem servido. Eu, por exemplo, repeti várias vezes as batatas que são extremamente crocantes e saborosas, elas chegam a ser viciantes e você não consegue parar de comer. Comi muita batata mesmo e estava muito satisfeita, mas infelizmente eu vi o mousse de chocolate. O mousse é especialidade da casa, e não tem como você ver e não provar, a sobremesa sai por 23 reais e funciona assim, você pode pegar o quanto quiser no primeiro prato e não pode repetir.

O doce é realmente muito bom, com certeza um dos melhores mousses que já pude provar. Em geral é muito difícil achar um defeito do restaurante, talvez minha única crítica seja o fato de não ter Coca-Cola, rs. A visita vale cada centavo, porque além de uma comida realmente muito boa, o atendimento é algo acima da média.

Precisávamos selecionar qual seria a visita especial neste fim de ano. Ficamos pensando nisso por algumas semanas, mas nada realmente interessante e novo acabou se destacando, então tentamos um caminho inverso. Pensamos em um lugar seguro e tradicional, que não iria decepcionar ninguém. E assim ficou meio claro ao decidir pelo L’Entrecôte d’Olivier. Com duas unidades na cidade, o charmoso bistrô do chef francês fez fama por seu prato único, com o corte da carne acompanhado por fritas infinitas e molho de mostarda.

Vale dizer logo de cara, este não é o lugar mais barato do mundo. Você provavelmente vai gastar um dinheirinho no seu jantar, mas pra ser objetivo, vai valer a pena. O cardápio tem algumas coisas marcadas, mas apenas uma realmente interessa, o prato único e principal. Ele custa sai por R$ 79,90, e dá direito a um prato de salada temperada com nozes em um primeiro momento, e depois o referido entrecôte. Lembra? É aquele corte de bife que usa a ponta do contra-filé.

E diferente do principal concorrente, a carne aqui parece ser mais bem servida, embora o molho de mostarda fique atrás daquele servido pelo Paris. Ainda assim, o bife traz bastante sabor, especialmente quando você pede ele mais vermelho, com o sabor acentuado.

Como não poderia deixar de ser, você tem total liberdade para escolher o ponto, embora o atendente sempre lembre que o menor ponto pode trazer uma carne excessivamente vermelha. Como isso não é, nem de perto, um problema, a chegada à mesa não poderia ser melhor. Bastante carne, uma infinidade – literalmente – de fritas, e um molho de mostarda que pode não ser perfeito, mas orna bastante com os outros elementos.

Para não passar batido pelas fritas, elas realmente são infinitas. Você pode comer quantas vezes quiser, e sempre acompanhada pelo molho. Sequinhas e crocantes, elas certamente vão agradar até os menos fãs da iguaria, ainda mais quando você joga um pouco de sal e pimenta por cima.

Depois de comer toda a batata do universo, você pode até pensar que acabou. Mas não. Muito pelo contrário. Falta o momento da glória, o prêmio por ter comido tantas batatas. A sobremesa. Caso tenha algum amor próximo por chocolate, essa dica cai como uma luva: o Mousse de Chocolate (R$ 24,90) talvez seja o real motivo da visita.

E antes que pense algo sobre o valor, vale ressaltar um pequeno detalhe: quando a sobremesa chega à mesa, você pode comer quanto quiser. Quer dizer, se você quiser fazer uma montanha apenas com a sobremesa de chocolate, você tem todo o direito. E mais, tem todo o dever. O mousse é delicioso. Cremoso e com um sabor marcante de chocolate, ele não fica enjoativo depois de comer três quilos dele.

Não esquecendo de uma parte importante, o atendimento da casa é ótimo. Ele serve exatamente como necessário. O pessoal te atende bem, sem ser exageradamente chato, tampouco some no momento que você está pensando em pedir uma nova bebida. Cortês e educado, ele ajuda a melhorar a experiência da visita, tornando sim, uma boa sugestão para esse fim de ano. E boas festas pra todo mundo!


L’Entrecôte d’Olivier – Alameda Lorena, 1821 – Jardim Paulista; Contato: 3063-4107; Transporte: metrô, ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito, vr; Faixa de preços: $$.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s