Samosa & Company, na Vila Mariana

Viva São Paulo e sua diversidade. Afinal de contas, só mesmo ela pra poder oferecer, como quem não quer nada, um restaurante aberto depois das 21h em um dia de semana. Estávamos os dois com fome depois do trabalho e algumas pendências, e sem ideia alguma de qual lugar poderíamos ir jantar, afinal, já não estava tão cedo assim. Como quem não quer nada, lembramos do Samosa & Company, que fica ali na Vila Mariana, e tentamos arriscar. O risco valeu a pena, pois além de estar aberto, o lugar serve uma boa comida – pra quem não se importa de sofrer um pouquinho. Se bateu aquele interesse de saber mais sobre o restaurante, chegou sua hora. Basta continuar lendo agora mesmo!

chapeu-galeria

161010-samosa-02

Comida indiana é sempre uma grande surpresa e um grande desafio na hora de escolher o prato, eu particularmente gosto, mas não curto muito quando os pratos são exclusivamente vegetarianos, por isso prefiro os restaurantes que tem as duas opções. O Tandoor, talvez seja o restaurante indiano mais conhecido de São Paulo, não sei quantos anos o restaurante já está na cidade mas tenho essa impressão e talvez também por eles serem bem tradicionais tenho essa impressão.

O restaurante tem um ambiente bem confortável e pequeno, são poucas mesas em uma casa que lembra bastante residencial, você só percebe o restaurante por uma pequena placa que fica bem na porta. Fomos em um dia bem frio, por isso as mesas do lado de fora não estavam ocupadas e as poucas mesas internas estavam quase lotadas. A atendente muito simpática e vestida de forma bem indiana foi super simpática e atenciosa durante todo a nossa presença na casa e ela era a única funcionária no dia.

O cardápio é bem extenso e isso é um pouco ruim para quem é um pouco indeciso haha, e claro, quando a comida é boa não tem como não ficar na dúvida. Até que não demorei muito para escolher mas não sei explicar como porque são muitos opções boas. Peguei então o Chicken Afghani (R$35), que eram pedaços de frango temperados com iogurte e castanha de caju, ele vinha em uma chapa que acompanhava tomate e cebola roxa. O frango é feito do forno tandoor e tem um sabor muito bom, porém poderia vir com um molho que ficaria ainda melhor.

Como acompanhamento pedimos o arroz, Jeera Basmati Rice, que é feito com cominho e ghee, eu acredito que todo arroz indiano seja duro, mas ele tem um sabor realmente interessante quebra bastante a picância dos pratos mais fortes. E pedimos também um Cheese Naan, que o tradicional pão indiano recheado de queijo, eu gostaria muito de saber o como eles fazem esse pão que tem um sabor exepcionalmente bom. Eu poderia viver a base de Naan.

Se você ainda não provou comida indiana na vida, o Tandoor é uma ótima opção, porque são diversas opções para todos os gostos, misturado com a comida bem tradicional que a casa oferece. Vale muito a pena.

Hoje vocês vão querer o mesmo de sempre, ou alguma coisa diferente? Foi essa frase que a gente ouviu na mesa ao lado que reforçou uma ideia: estamos falando aqui de um restaurante familiar. Clientes fixos, onde os funcionários conhecem pelo nome e até os pratos preferidos. Existe algo melhor que isso? Pelo menos bateu uma segurança, afinal, se existe uma fidelidade desse tipo, quer dizer que a comida não pode ser ruim.

E para surpresa geral da nação, não era mesmo. O casal responsável pela administração e cozinha do Samosa manda muito bem, tanto que o sucesso levou a uma segunda unidade do restaurante. Fomos até a matriz, que talvez não seja tão moderninha e colorida como a casa nova, mas tem seu charme particular.

O cardápio é bem diversificado, e logo que dei uma olhada nos preços e na comida que chegou à mesa, pensei: “acho que o custo benefício não vale”. E alguns minutos depois eu percebi o quão enganado estava.

Por qual razão? Estamos em um restaurante indiano, ou seja, estamos deliberadamente procurando por comida apimentada. Se não fosse o caso, poderíamos ir até o McDonald’s comer um Big Mac. Com a missão de buscar o melhor do cardápio, não foi difícil escolher quando o Chicken Tikka Masala (R$ 47) era descrito como o prato mais pedido da casa. Escolha fácil, ainda que com nota dois (de três) no nível ardência. O cardápio indicava um calor moderado, então imaginei que seria de boa.

E até que foi, mas só porque acertei em pedir um Fruit Lassi (R$ 11) de manga pra acompanhar. Você já vai saber o motivo. Voltando pra comida, a porção parece não ser tão bem servida, dá pra ver na foto que postamos no Instagram semana passada (aliás, já segue a gente por lá?). Mas é o suficiente para um ser humano. É o limite pra não sair com vergonha de lá. O frango é gostoso, bem temperado e macio, mas o molho masala é um tapa na cara de qualquer desavisado. É ardido. Tipo, bastante. E entre uma garfada e outra sua vontade de arrancar a língua só não é maior pelo bendito Lassi, bebida típica indiana feita com iogurte e frutas – no caso, manga – que é fundamental pra quebrar a ardência absurda na sua boca. Totalmente recomendado, se for encarar, peça um Lassi, também disponível com morango e rosas.

Olha, até pedimos como entrada um Cheese Naan (R$ 10), que é um pão indiano recheado com queijo, e é gostoso até. Mas a memória não te faz lembrar dele. Só do molho masala. Que é forte, mas é bem bom.


Samosa & Company – Rua Padre Machado, 137 – Vila Mariana; Contato: 4301-8000; Transporte: metrô, ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito, vr; Faixa de preços: $$.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s