Na onda dos browlers

Você sabe o que é um browler? Boa parte das pessoas para as quais eu fiz essa pergunta responderam que não e, sendo sincero, eu também não. Na verdade eu sabia o que era o objeto browler, só não sabia que se chamava assim.

O browler é a melhor maneira de se levar chope fresco para casa e ainda economizar no preço da sua cerveja. São aqueles garrafões muitas vezes estilizados que você compra uma vez e enche sempre que voltar àquele bar. Podem ser de vidro, cerâmica e até mesmo madeira, mas o que realmente importa é que são seus novos companheiros de bar. É por isso que digo que coleciono companheiros de bar.

Porquê eu digo isso? Simples e pura matemática: quando a gente senta em um bar pra beber a gente já está pagando. Pagando pelo serviço, pelo chope, um aperitivo, a lavagem dos copos, 10% do garçom, o aluguel do lugar e até no preço inflacionado do tomate. É por isso que muitas vezes a gente vai comprar uma Punk IPA no mercado por R$23 e quando toma no bar custa R$28, R$30… E aí entra o browler para salvar o seu bolso e seu paladar, porque como se não bastasse você ainda vai levar para casa um chope fresquinho.

Como disse, eu já sabia o que era um browler (em Araras uma das cidades nas quais eu morei a cervejaria Hausen, muito boa por sinal, vendia um browler de cerâmca de 2 litros muito bonito), mas só fui descobrir esse nome recentemente no Bar Âmbar, em Pinheiros, Capital. E já adianto que a experiência foi ótima.

Decidi ir lá por causa do número de torneiras de chope disponíveis para escolha. Eram 15 bicos entre nacionais e importadas, desde saison até a porter, desde a clássica hefe-weissbier Weihenstephaner até a inovadora Founder’s Mango Magnífico (que mistura manga e pimenta); nos mais variados preços. Além de saber dos 15 bicos, também sabia que de sábado serviam uma feijoada caprichada para duas pessoas por R$40. Ou seja, casou a fome com a vontade de beber!

Não preciso nem continuar para dizer que a feijoada estava uma delícia, que eu experimentei um chope novo e que comprei um browler da casa (de vidro, estilizado com uma das gravuras da parede do bar). No caso eu achei tão interessante o chope (e já vou explicar porquê) que enchi meu browler com ele para levar para casa.

O chope em questão era o Bamberg Altbier. A minha concepção da Bamberg é de que havia sido uma boa cervejaria em seus primeiros anos no Brasil (já que se não me engano a receita foi trazida por um alemão para cá) mas que havia decaído por várias substituições administrativas. Mas assim que o garçom me sugeriu, por concordar que um malte bem torrado e equilibrado na cerveja é imbatível, decidi experimentar e achei muito boa.

A Altbier é um estilo que se equipara à lager, com a importante diferença que, ao contrário da sua prima loira, ela tem alta fermentação, assim como as ales (daí vem “alt” bier). Era exatamente o que o garçom disse: leve, refrescante, com um malte no meio termo entre caramelo e toffee bem equilibrado com o resto da cerveja e um teor alcoólico de lager: 5%. Eu tomei um copo de 300ml por R$14 e enchi meu growler de 1 litro por R$28 (viram? Na conta do browler o preço de 300ml teria saído por R$8,40, ou seja, menos que uma Norteña).

Saí de lá de barriga cheia, browler cheio e com a certeza de que voltaria.

Mas para quem achou que acabou: não, ainda não. Óbvio que enquanto escrevo, tomo. A cerveja desse texto é a Page 24, uma witbier bem interessante e com drinkability bem alto da Brasserie du Saint Germain, da França. É uma witbier com todas as boas características do estilo, mas sem a acidez ou azedo de alguns rótulos (na verdade o sabor é bem equilibrado). Para quem tem preferência por cervejas de trigo, mas mesmo assim foge das muito doces essa é uma ótima opção.


Tem uma Ale na minha Weiss é escrita por Otavio Corsini, colunista do Comida pra Casal, que fala sobre aquilo que todo mundo gosta: cerveja. Seja importada, nacional, artesanal ou daquelas que você acha no supermercado mesmo, todas sempre tem sua vez por aqui.

Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s