Cereja Flor, no Tatuapé

Existe coisa melhor que começar a semana com um bom doce? Por isso escolhemos fazer nossa crítica sobre o Cereja Flor nessa segunda, dando aquela ajuda pra quem precisa daquela forcinha pra aguentar essa segundona. Localizada no Tatuapé, a casa é uma mistura de doceria com bistrô, então acaba oferecendo de tudo um pouco em seu cardápio. Durante nossa visita preferimos nos focar na parte de açúcar, mas nada impede de num futuro voltar pra experimentar os pratos do restaurante. Mas por enquanto vamos focar no que interessa, no início de uma boa semana!

chapeu-galeria

160404-cerejaflor-02

O bom de morar em São Paulo é que existem várias cidades dentro da cidade. E várias formas de pensar que sempre acabam representando restaurantes diferentes, com propostas inovadoras, ou que seja a resolução de um sonho. Pelo que pudemos perceber durante nossa visita ao Cereja Flor é que essa história se encaixa mais na última opção. A casa é criação de uma vontade, no caso, da dona, que deixou tudo exatamente do jeito que queria, e deixou de ser mais um restaurante padrão para se tornar algo muito particular.

Acho que é muito válido comentar sobre a decoração única do lugar. Os donos são explicitamente fãs daquela decoração chique vitoriana, com muitos móveis clássicos e itens rebuscados. A intenção é clara em tentar imprimir algo dessa maneira no salão, embora, na minha humilde opinião, o resultado final acaba parecendo mais a casa da Barbie. O que não quer dizer que seja ruim, necessariamente. Pra quem está procurando um lugar mais intimista, a pedida pode ser boa. Até pelo fato da casa oferecer um músico, ali, no meio de todo mundo, tocando seu saxofone.

Por toda a coragem todos os méritos e aplausos são merecidos, ainda mais em um momento tão delicado economicamente. Não é tão diferente misturar uma doceria com um bistrô no Tatuapé, mas ainda assim, é um ato arriscado. Durante nossa estadia preferimos focar apenas nos doces, uma vez que tínhamos acabo de almoçar. Então o cardápio ficou um pouco mais restrito, com opções da vitrine e outras tantas escritos em suas páginas.

Não tive muitas dúvidas quando escolhi o Crème Brûlée (R$ 19). É uma receita típica da França, mas que não é tão simples de ser preparada. Acertar na textura não é uma tarefa tão tranquila, então todo errinho pequeno pode acabar desandando o tom. Infelizmente, é o que acontece. Primeiro pela própria textura, que não lembra aquela de suflê tradicional da sobremesa. E também pela falta daquela casquinha crocante e um pouco queimadinha do caramelo. Tirando isso, o gosto de baunilha estava lá, mas não o suficiente pra salvar o prato.

Eu fico feliz quando vou para um bairro que antes não tinham muitas opções e atualmente o leque de opções são 1000x maior, isso é realmente interessante e mostra como a cidade de São Paulo cresceu tanto. Eu morei por muito tempo na Zona Leste e sempre procurava opções interessante e quase não achar, acabava sempre indo no mesmo lugar de sempre, mas o Tatuapé tem mudado isso.

O bairro tem crescido tanto que as pessoas começaram a investira na região e isso é ótimo, quanto mais investimento mais opções para descobrirmos. E o Cereja Flor é uma consequência desse crescimento, é um restaurante que não sabemos descrever e provavelmente a casa também ainda não conseguiu achar onde ela se encaixa, é um bistro? É uma doceria? É uma cafeteria? Eu não sei e a casa também não me da uma certeza sobre o que eles são.

O ponto chave da casa são as enormes e exageradas sobremesas que tem no cardápio, eu não sei descrever se aquilo é um milkshake, se é um bolo, de verdade eu não sei mesmo. Sei que chama atenção, na minha opinião acho exagerado tudo aquilo, e pra piorar quando você olha o valor é pior. A tal e famosa sobremesa fica por no mínimo, 40 reais, isso mesmo amigos, quarenta reais em chocolate, M&M, algodão doce ou o que quer que seja as opções do doce que você pedir, achei realmente muito caro é o valor de um bom prato de comida em um restaurante bom.

Por isso, acabei escolhendo um outro doce porque não veria investir tudo aquilo em um simples doce. Acabei pedindo o Strudel de Maçã, a sobremesa saiu por R$19 e acompanhava uma bola de sorvete, mais uma vez achei o valor bem elevado se levar em consideração o tamanho do doce oferecido pela casa, mas pensei que poderia sim valer tudo aquilo. Mas quando provei o primeiro pedaço, não foi o que aconteceu, a maçã estava passada e por isso o doce ficava ácido, a massa era ok, e para piorar acho que tinha mais uva passa do que maçã, foi reamante triste. Pode ser que a sobremesa escandalosa seja realmente muito boa, mas não pagaria tudo aquilo em tão pouco.


Cereja Flor – Rua Tariana, 60 – Tatuapé; Contato: 2671-0326; Transporte: ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito, vr; Faixa de preços: $.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s