Japs, em Perdizes

Será que existe alguma reação lógica entre bons restaurantes japoneses e o bairro de Perdizes, ou é apenas o acaso? Mais uma vez fizemos uma visita a uma casa especializada pra ter uma ótima experiência na comida, e no valor. Com valor do rodízio fechado em R$ 69, fica mais interessante quando você descobre que eles fazem parcerias com aplicativos de desconto, como o Grubster, então na verdade o preço fica ainda mais baixo. Ou seja, no final do dia você paga pouco menos de R$ 50 e pode comer o quanto quiser. Pareceu interessante? Então saiba um pouco mais sobre os detalhes.

chapeu-galeria

Sim, vou falar bem da comida, assim como do valor. Mas imagino que exista um ponto que mereça ainda mais destaque, especialmente por se tratar de um restaurante japonês. A popularização deste tipo de comida é uma realidade na cidade, entretanto, estamos falando de pratos nipônicos, e com eles, nomes que não fazem parte do cotidiano das pessoas. Temaki e sushi até entraram no dia a dia coletivo, mas na hora em que surge algo minimamente mais difícil, tudo se complica. Não?

Não, pelo menos nesse restaurante. A sacada de colocar uma miniatura de cada prato no cardápio é simples, mas genial. E nem apenas pelo japonês. A casa pode se dar ao luxo de inventar o que quiser, e não vai parecer grego para o cliente. Shakemaki. Você teria ideia do que se trata? Graças ao cardápio autoexplicativo, sim.

Dito isso, vamos falar de comida.

Os pratos quentes são corretos. O Harumaki de Queijo é gostoso e crocante, embora seu molho agridoce seja um pouco forte demais. A Guioza, por sua vez, tem seu sabor, mas abraça a ideia de ser um literal pastel japonês. Não que seja ruim, mas a versão preparada no vapor é melhor, mas não apareceu como opção.

Mais uma vez o cardápio salvou a noite, apresentando o delicioso Salmão Croc, temaki feito com couve frita realmente crocante. Pra quem gosta do cone e procura por alguma versão um pouco diferente do tradicional salmão-cream cheese-cebolinha, esta é uma pedida certeira. E falando de pontos certeiros, o combinado inteiro traz boas opções, todas frescas, que nos fizeram pedir repetições atrás de repetições. Três nomes precisam ser lembrados: o Sashimi Salmão Maçari, versão selada da casa; o Djou Salmão Crispy, que é acompanhado por batata doce; e o Bora Bora, criação da casa que é o responsável direto por me fazer querer voltar.

Simples, ele nada mais é que uma lâmina de salmão selado que encobre uma generosa porção de cream cheese. É como se fosse, mais ou menos, um temaki pequeno sem a alga e sem o arroz. Pedi vários, mas vários deles, até não conseguir comer mais. E só de lembrar a vontade de voltar aumenta. Quem sabe em breve.

Em mais um momento de desespero, por comer rodízio de comida japonês acabei encontrando um restaurante no meio de perdizes que parecia ser muito interessante. Então não pensamos duas vezes na hora de ir, e mais uma vez achamos ele pelo Grubster, o que dá uma medida de que o lugar é bom. O dia que fomos não era dos mais lotado, mas sempre evitamos esse horários mesmo, então sentamos em uma mesa em um varada agradável que tem uma vista para a rua, porém a parte interna também não deixa nem um pouco a desejar.

O garçom logo veio nos explicar o cardápio, a casa oferece dois tipos de rodízio, com frutos do mar e sem frutos do mar, acabamos escolhendo sem por acha que valeria mais a pena. Quando peguei o cardápio para realmente analisar percebi que todos os pratos da casa tinha uma pequena foto no cardápio, isso facilita muito na hora do pedido e acaba evitando o desperdício desnecessário. Outra coisa super interessante no cardápio é a grande quantidade de temakis que a casa tem, todas as opções do cardápio à la carte estão presentes no rodízio, mais um ponto para a casa.

Então pedimos tudo que queríamos de uma vez como fazemos na maioria das vezes, entrada, pratos quente, combinado e temakis.  Na primeira impressão achamos que estava tudo gorduroso, mas não aconteceu, harumaki e guioza não decepcionaram e misturaram crocância com sabor. O tepan de salmão foi ainda mais gostoso quando pedimos a segunda vez, que veio mais fresco e macio. Junto com as boas entradas, a casa oferece um sashimi flambado que com certeza foi a melhor coisa que comi nas entradas, ele era maravilhoso.

Acabei pedindo o temaki que tinha o nome de Salmão Croc, dentre as muitas opções que pareciam muito boas, acabei escolhendo esse porque gosto muito de salmão empanado, ele era feito de arroz, cream cheese, salmão empanado e couve crocante. Ele era muito saboroso, o salmão era seco e combinava muito bem com os outros ingredientes que o cone era feito.  O combinado veio bem compacto e muito bem montado, gostei de todos os sushis que a casa sugeriu e por isso acabamos comendo todos os itens e pedimos repetição de alguns que se destacaram mais.

Pelo valor que acabamos pagando e pela grande variedade dos pratos que a casa tem vale muito a pena. Tudo que eles nos ofereceram era frescos e muito saborosos, com certeza eu indicaria para qualquer um de olhos fechados.


Japs – Rua Monte Alegre, 388 – Perdizes; Contato: 2373-1800; Transporte: ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito, vr; Faixa de preços: $$.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s