Torteria, em Pinheiros

Demorou. Mas deu certo. Foram muitas tentativas. Aliás, provavelmente foi o lugar que mais tentamos visitar desde o lançamento do blog. E sempre dava errado, fosse pela falta de tempo ou por batermos a cara na porta para descobrir que aquele dia o restaurante não estava aberto. Mas calma. Visitamos, finalmente, a Torteria. O aguardo talvez tenha valido a pena, talvez não. Quer saber o que achamos da casa especializada em tortas? Já sabe, continue lendo as próximas linhas e seja feliz.

chapeu-galeria

EU AMO TORTA. Tem quem não goste de torta? Acho que eu poderia viver só comendo torta, de todos os sabores e tipos diferentes. Fazia muito tempo que falava para o Rapha para irmos na Torteria e nunca conseguíamos, sempre que pensávamos nela estava fechada. Dessa vez nós finalmente conseguimos ir e claro que fiquei extremamente feliz por visitar um lugar exclusivo de torta de todos os sabores e tamanhos, é praticamente o paraíso, não tinha como ser ruim.

E de fato não foi nem um pouco ruim, ela fica super perto do metrô Fradique Coutinho, por isso acho que todo mundo deveria conhecer. A casa é especializada em tortas,  são doces, salgadas, tem torta integral, cookies e quiche, se preferir. Fomos em um dia super tranquilo e não tinha ninguém quando chegamos, a atendente nos explicou brevemente como funcionava a casa e nos indicou dois sabores, frango e carne, como os carros chefes da casa. Então acabamos escolhendo essas opções, mesmo eu ficando com vontade de provar todos os sabores disponíveis.

A descrição da torta de frango do cardápio era, torta fechada de frango em cubinhos com ervas, requeijão cremoso e limão siciliano. Achei muito interessante ele colocarem limão na torta salgada mas era um interesse bom de como ficaria aquela mistura. Achei o tamanho da torta bom, é individual, mas é bem justo.  O fato do limão presente me incomodou um pouco, na verdade eles exageraram na quantidade e o sabor do limão ficou muito forte e acabava escondendo o sabor de todos os outros ingredientes, não é que seja ruim, mas estava muito forte. Pode ser que o azar tenha sido meu companheiro nesse caso, mas fiquei um pouco chateada.

Depois de um pouco chateada mais com mais vontade de provar outras opções, resolvemos pedir um quiche de cebola caramelizada com queijo gruyère. O quiche tem o mesmo tamanho da torta é aceitável e sem muita fome, dá sim para ser divido. E dessa vez não foi nem um pouco decepcionante, muito pelo contrário achei o quiche incrível e comeria muito mais.  Tinha a mesma massa da torta que é realmente o grande triunfo da casa.

E claro que não podíamos sair de lá sem provar uma torta doce não é? Exato, e mais uma coisa obvio que mesmo com opções mais gordas possíveis eu não deixei de escolher a boa e velha torta de maçã. É de longe a torta que eu mais gosto, por isso não gosto quando é algo que não gosto, e não foi o que aconteceu! A torta é ótima, muito bem feita e tem um recheio super saboroso e eu conseguiria comer muito mais e super indico.

Eu gosto de torta. Aposto que você gosta de torta. Aliás, quem não gosta de torta nesse mundo? Democrática, ela pode agradar gregos e troianos, uma vez que é possível rechear a iguaria com literalmente qualquer coisa. E quando quem vai não apenas preencher com recheio, mas montar toda a torta é um lugar especializado. O que podemos esperar disso? Coisas boas, claro. Essa foi a tônica da visita à Torteria: coisas boas.

O cardápio, escrito na parede, não apresentou opções que eu virasse o olho. Todas pareciam boas. E certamente ficaria bons minutos naquela escolha mortal, se não fosse a ajuda da atendente, que logo soltou a dica sobre a de Carne Desfiada com Cerveja Preta e Cebola Caramelizada (R$ 16). Achei interessante e aceitei a sugestão.

Sorte a minha. Que coisa gostosa. A carne, desfiada, tem um sabor forte com a mistura da cerveja preta, mas sem aquela preocupação de ficar bêbado. E a massa? Leve, que deixa o recheio ser a grande estrela, sem tentar roubar espaço. A cebola dá o toque final, levemente adocicado, transformando a torta em um belo pedaço de comida. Achei alto o valor? Até achei, mas depois da primeira garfada você entende que não está pagando por aquelas tortas de supermercado, super secas e pouco sabor. Aqui a história é diferente.

Dividi também com a Na uma quiche de Cebola Caramelizada com Queijo Gruyére (R$ 12), igualmente gostosa. A cebola faz o mesmo papel neste prato: o agente adocicador, quebrando um pouco o salgado do queijo. Mas os ingredientes acabam se completando e criando algo cremoso e bem apetitoso. Bom também foi minha torta doce de Banana com Doce de Leite e gotas de Chocolate (R$ 8). Tortas doces são daquele tipo: ou você ama ou você odeia. Eu particularmente gosto, e acho que fiz a escolha certa. Aquecido, o recheio da torta mistura o chocolate com o doce de leite, formando uma mistura única e especial, pra quem gosta das duas coisas. A banana, embora seja o nome principal, acaba ficando em segundo plano, até por ser servida seca. Opinião minha? Ficaria melhor com ela in natura.

 


Torteria – Rua Fradique Coutinho, 39 – Pinheiros; Contato: 4306-6943; Transporte: metrô, ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito; Faixa de preços: $.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s