Na terra do Fast-food

coluna-fastfood-2015

Como vocês devem ter percebido, a gente deu uma sumida nas últimas semanas. E não é para menos. Tiramos alguns dias pra descansar, e escolhemos um lugar estratégico pra visitar: a terra dos fast-foods. Nesse período, claro, aproveitei pra degustar o que os Estados Unidos têm de melhor, e de pior, pra oferecer ao consumidor.

Pra ser honesto, depois de uma semana já não aguentava mais olhar pra nenhum tipo de comida vendida por lá, mas enquanto isso consegui experimentar de tudo um pouco. Desde o mais tradicional, passando por casas que só estão disponíveis fora do Brasil e ate algumas que estão na moda do lado norte da América.

E quais são as conclusões depois de tanto hambúrguer? A diversidade deles é muito, mas muito maior que a nossa. Você encontra um McDonald’s a cada quilometro, e olha que as opções vão muito além disso. Wendy’s, Subway, Arby’s, Burger King, Taco Bell e Chick-fil-a foram alguns dos restaurantes também visitados no período, e posso dizer, mesmo cada qual com suas diferenças, todos tem a mesma cara de junk food.

Por outro lado, outra conclusão interessante desse estudo de campo: se perdemos na variedade, não estamos muito atrás no sabor. Muito pelo contrário. Pra comparar apenas as marcas que possuem unidades aqui no Brasil, podemos ver que o cardápio do McDonald’s aqui, por exemplo, é muito mais completo. E isso sem contar as delicias locais chamadas Cheddar McMelt e a torta de banana. E falando em torta, as nossas são muito melhores que as de lá. A massa folhada e crocante daqui bate com muita facilidade a vendida nos Estados Unidos. O sabor da tradicional apple pie americana é gostosa, mas a massa podre perde pontos quando comparada.

Uma coisa legal que é costume por todas as casas, e aqui existe de maneira bem tímida, é o chamado dollar menu. Opções mais baratas que o cardápio comum por valores super baixos. De tempos pra cá até vemos isso no McDonald’s e no Burger King, mas ainda não é a mesma coisa. E por que não, você se pergunta. Enquanto aqui te dão duas opções mais ou menos e outras que ninguém pede, por lá você consegue pedir sua refeição completa apenas nesse menu mais light. Eu fiz isso uma vez, e me senti completamente satisfeito.

E no Burger King? Me senti como aqui no Brasil. Um milhão de opções que me deixaram na dúvida por alguns minutos, mas boa parte dos lanches disponíveis nas unidades nacionais estão lá. Em minha visita escolhi uma novidade no cardápio local, chamado Hearty Mozzarella Bacon Cheeseburger, bem saboroso na foto. Na real, o lanche é gostoso, mas tem aquele gosto padrão de Burger King. E não tomem como uma crítica, eu acho bom o gosto padrão do Burger King. Outra coisa que eu gosto também, e isso existe no Brasil já, é o free refill (quase todas as marcas oferecem isso). A diferença é que a máquina de refrigerante te disponibiliza mais de 100 sabores, desde a simples Coca-Cola até as bebidas mais estranhas que os americanos gostam.


Fast&Food é escrita por Raphael Diegues, editor do Comida pra Casal, que aborda novidades e dúvidas dos consumidores a respeito das redes de comida rápida espalhadas pela cidade.

Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s