Moscatel, no Bixiga

Hoje começa a semana mais importante pra quem tem um amor pra chamar de seu. Sexta-feira é Dia dos Namorados, dia onde todos os restaurantes estarão lotados de gente que pretendem comemorar a data com aquela pessoa especial. Se você ainda não parou pra se planejar, não se preocupe, as duas críticas desta semana serão focadas especialmente no dia 12, com lugares que podem servir de pano de fundo para uma experiência romântica. Nessa segunda a dica é pra quem procura algo mais descolado, e convenhamos, mais barato. Localizado no meio do Bixiga, a Moscatel é uma doceria aconchegante que pode ser perfeita àqueles que não querem gastar muito, mas ao mesmo tempo deixar uma marca importante no coração da amada. Ou do amado.

chapeu-galeria

Desde que tivemos a ideia de preparar uma semana especial em comemoração ao Dia dos Namorados já estava estabelecido que uma das críticas seria sobre uma doceria. Algo pra contrapor ao restaurante de quinta, e que poderia servir de lugar tanto pra sobremesa quanto para o jantar. E principalmente, algo que não fosse custar os olhos da cara. Afinal, não estamos no melhor dos momentos econômicos atualmente, e toda ajuda é bem-vinda. Por isso escolhemos a Moscatel, uma doceria que também se intitula como bar de açúcar.

Localizada na Treze de Maio, isto é, bem no meio do tradicional bairro italiano, lá no Centro, a casa parece ser pequena por fora, mas surpreende quando você passa pela porta. São três ambientes no primeiro andar, que incluem mesas e espaços para grandes grupos, além de um bonito jardim de inverno, que pode ser o lugar certo pra tomar um chocolate quente – caso faça frio na sexta – ou experimentar algum dos doces.

Aliás, como não poderia deixar de ser, doces são o carro forte do estabelecimento, que oferece receitas mais tradicionais, como pudins e mousses e também outras com certo toque italiano, como os cannolis e os biscoitos típicos do país. O que chega a impressionar também é o valor médio dos itens. Alguns até saem por um valor acima da média, mas se você procurar bem consegue comer bem sem gastar muito. Durante a visita comi um Cookie de Chocolate Branco, uma Rosquinha coberta de Chocolate Belga e um Biscotto, onde cada um saiu por apenas R$ 2. E convenhamos, o que se faz hoje com esse dinheiro?

E o preço nem pode ser justificado por uma possível qualidade duvidosa da casa, pois não é o que acontece. Mesmo pelo horário tardio que visitamos a casa, tanto o cookie como a rosquinha estavam frescos, tanto que o primeiro ainda estava quente e com as gotas do chocolate derretidas. O biscoito italiano, por mais que minha intenção fosse a melhor, pecou um pouco pelo sabor e o frescor. Embora a receita, de acordo com o atendente, levasse toques de laranja e amêndoas, apenas o segundo é sentido. E também, de longe, era o menos fresco entre as minhas escolhas, com certo aspecto de doce velho.

Entretanto, apesar das opções gostosas na vitrine, um dos pontos que mais chamam atenção da casa, os licores doces, passaram batido na visita pela falta de um atendimento mais preparado para tirar as possíveis dúvidas do cliente. Perguntei nominalmente por eles para a atendente que estava no balcão, mas a única resposta que tive foi uma evasiva de que eles estavam no cardápio. E o pior? Não estavam.

Nada melhor do que começar a Semana dos Namorados com um doce. Eu e o Rapha vimos no Hypeness uma lista com algumas docerias legais em São Paulo, e provavelmente vamos fazer o que falta dessa lista. Até por que já fomos na Leckerhaus e na Casa Mathilde, lembra? A escolhida da vez foi a Moscatel. Vimos bons comentários da casa na internet e o que mais nos atraiu foi o fato da casa fabricar alguns licores diferentes como o de Kinder Ovo.

Por fora a casa parece pequena, mas o ambiente é muito grande e até assustei quando entrei, pois são vários ambientes grandes, com mesas bem espaçadas, e isso dá a impressão de que o local está mais vazio do que realmente está. O funcionamento não é diferente do comum: você pede o seu doce no balcão para poder escolher o que quer exatamente, não tem um menu fixo.

A gente queria saber um pouco mais sobre como funcionava a parte dos licores e vinhos da casa, sabíamos que eles forneciam sabores diferentes de licores e vinhos para acompanhar cada sobremesa. Quando perguntamos para a atendente ela simplesmente falou a indicação estava escrita na plaquinha indicativa do doce e pronto. E não sei se foi má vontade ou apenas um sentimento de estar perdida naquele lugar, mas era clara a falta de vontade para explicar qualquer dúvida. E pra piorar, o atendente que estava com uma intenção melhor, e disposto a responder, não falava um português claro (acredito que ele não fosse brasileiro). Ou seja, foi uma decepção para nós, já que estávamos indo até lá exatamente por esse diferencial, mas no final ficamos apenas na vontade.

Por sua vez, a parte dos doces não decepciona, são boas opções. Acabei pegando um pedaço de Bolo de Floresta Negra (R$ 6), e era realmente muito bom. As cerejas eram naturais e não aquela industrializada comumente usada mundo afora. Também, a receita do bolo não é doce demais, e os ingredientes acabam se harmonizando. Na verdade a doceria é boa, tudo é bem feito, mas ela acabou não tendo nada demais para nós.


Moscatel – Rua Treze de Maio, 655 – Bixiga; Contato: 3853-0954; Transporte: ônibus, táxi; Pagamento: débito, crédito; Faixa de preços: $.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s