Hobby Hamburguer, em Perdizes

Nem só de moda vive o cenário gastronômico de São Paulo. Restaurantes com filas quilométricas existem de monte pelos quatro cantos da cidade, mas, por outro lado, as casinhas antigas, tradicionais, que fazem uma comida simples e gostosa também têm seu espaço. Uma delas é a Hobby Hamburguer, lanchonete instalada em Perdizes desde 1969 que serve sanduíches nada gourmet. Entre uma porção de fritas e um beirute, dá pra se transportar no tempo durante o momento em que se pisa no salão. Com cara de antigo, o balcão que circunda o espaço do atendimento dá um ar nostálgico pra quem escolhe o lugar, seja para o jantar, ou para o almoço. E até mesmo algumas particularidades mostram essa cara antiga: só se aceita dinheiro. Nada de cartão. Mesmo assim, pode se tornar uma ótima escolha. Dúvida continua lendo então.

chapeu-galeria

Já fazia um certo tempo que eu e o Rapha estávamos querendo visitar o Hobby. Mas como o lugar só aceita dinheiro, sempre tinha o empecilho de nunca ter nada além de cartão nas duas carteiras. E como não existe um caixa eletrônico tão perto, o sonho acabava sendo postergado. Sorte que essa noite em particular foi diferente. Por algum motivo, tinha sobrado o suficiente pra poder jantar na modesta casinha de esquina da Cardoso de Almeida.

E fico feliz que conseguimos comer lá. A comida, no geral, é muito boa, e os preços são super condizentes com o proposto. Tanto que comemos bem e não gastamos nem perto com valores de algumas casas mais estilosas. Nossa entrada foi uma porção de Fritas (R$ 19), que mesmo sendo estranhamente servida em um prato de plástico, é muito gostosa e caprichada no sal. O melhor é ela ser bem servida, então tive até que parar de comer, ou provavelmente não aguentaria o que estava por vir.

E veio o Beirute de Roast Beef (R$ 28), uma das decisões mais sábias que já tomei em todo tempo do blog. Certamente é um dos melhores beirutes que já comi em toda minha vida, talvez até mesmo o melhor. A começar pelo pão, macio e sem esconder os outros ingredientes no sabor, como a salada, o queijo e o próprio rosbife. Mesmo não sendo a maior fã de queijo, ele é servido no ponto certo, escorrendo pelas beiradas e combinando perfeitamente com a carne.

Talvez o que ajude a dar o destaque seja a ordem de montagem. Ao invés da ordem comum: tomate, alface, queijo e carne, aqui o queijo fica entre a salada. Com isso, ele derrete e se mistura com o legume e o vegetal, dando mais sabor para os dois. E a carne, por si só, já tem um brilho próprio. Extremamente saborosa, fica ainda melhor quando mordida junto do laticínio. De tão bom, já me dá água na boca de lembrar da experiência. Por isso, se fosse você, juntava uns trocados e corria pra lá, o quanto antes.

No momento em que entrei pela porta me veio a certeza de ter achado o representante máximo do anti-gourmet na cidade. Dá pra perceber que é uma lanchonete pé no chão, daquelas que você entra quando está com fome, come, e vai embora. Nada de ocupar uma mesa por horas a fio, nada de foto no Instagram. Apenas comer. E comer bem. Minha primeira escolha, o Roast Beef Hobby (R$ 24), pode entrar no panteão dos melhores sanduíches que já experimentei. Como diz o nome em inglês, estamos falando aqui de rosbife. E sabendo prepará-lo fica difícil de errar a mão. Com ingredientes frescos, o lanche – um dos principais da casa – é grande, mesmo que não ganhe pontos na apresentação. E saboroso. O queijo derretido suja a mão inteira, só que você acaba não se importando, uma vez que deu a primeira mordida.

O cardápio, com um leve toque alemão, te dá a opção de montar o próprio lanche, como em várias outras lanchonetes. E uma das combinações mais pedidas, pelo que puder analisar durante o tempo sentado no balcão, era o simples Cheeseburger (R$ 16). E exatamente como nossas mães sempre nos preveniram, eu tive os olhos maiores que a barriga. E acabei pedindo um também. Mas talvez fosse melhor não ter. Não que seja ruim, o pão tostadinho é uma delícia, assim como o queijo, novamente derretido. Só que o hambúrguer industrializado é insosso. Um preparado em casa, com temperos próprios, certamente traria um novo significado ao lanche. Como não é o caso, se trata apenas de um lanche mediano.

Mas antes de toda essa comida, veio primeiro a generosa porção de Fritas (R$ 19), que pelo valor cobrado é bem justo, de acordo com o que é servido. Serve bem duas pessoas, até três, dependendo da fome de cada uma delas. Por outro lado, algo que não funciona são os milkshakes preparados na casa. Em um lugar com uma faixa de preços relativamente baixa, fica impraticável ofertar um copo de 500ml por R$ 27. O preço é superior aos lanches pedidos, e mesmo com uma cara boa, acaba destoando do resto.

Outro ponto que gera estranheza é a utilização exclusiva de utensílios descartáveis. Seja o copo, o prato ou o talher, tudo aqui é naquele velho estilo de festa infantil: tudo de plástico. Pode ser até uma boa para o local, que não precisa se dar ao trabalho de lavar aquele monte de coisa, mas, por outro, dá uma impressão diferente para quem está do outro lado do balcão.


Hobby Hamburguer – Rua Cardoso de Almeida, 1393 – Perdizes; Contato: 3862-2772; Transporte: ônibus, táxi; Pagamento: apenas dinheiro; Faixa de preços: $.
Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s