Rock’n’Roll Burger, na Consolação

Logo que você entra, não sabe se olha para a decoração ímpar do salão, ouve a boa música que passa pelas caixas, ou tenta correr para as inúmeras máquinas de pinball espalhadas pelos dois andares. E some a isso lanches gostosos e porções com preços bem justos. Este é, resumidamente, o Rock’n’Roll Burger, casa que fica em plena Baixo Augusta, e pode servir de pano de fundo pra um jantar depois do trabalho durante a semana, ou até a salvação da fome alheia após a balada de sábado. Seja qual a situação que preferir, visitamos a lanchonete recentemente, e agora você pode conferir qual é a do templo do hambúrguer do rock.

David Brownie. Acabei não pedindo a sobremesa, mas esta é, sem sombra de dúvida, um dos melhores nomes de prato que já vi até hoje. Como é de se imaginar, é um brownie com uma porção de outros ingredientes, fazendo alusão ao camaleão do rock. E essa é a tônica da casa: todos os lanches, porções e sobremesas levam o nome de alguma personalidade da música, ou algum termo relacionado. É assim com a Medley (R$ 34,90), porção que escolhemos pra abrir a apresentação. Generosa, ela é a junção dos principais nomes da lanchonete, como os Great Balls of Fire, as Onion Rings, as Hot Wings e, claro, fritas.

E vou falar, na teoria o resultado é bem melhor. Os bolinhos de carne poderiam, e deveriam, ter mais sabor. Elas chegam à mesa passadas do ponto, e apenas o molho que acompanha a porção acaba ajudando. Aliás, o molho poderia ser claramente um com blue cheese na base, e não pimenta. Ornaria mais tanto com os dito cujos, como com as asinhas de frango. E incompreensivelmente, os pedaços são servidos com osso. Caso fosse frango à passarinho não teria problema, mas estamos falando de um pedaço de frango coberto de molho levemente picante. Acaba atrapalhando um pouco a experiência de comer.

Por sua vez, os anéis de cebola não decepcionam, empanados com uma farinha que dá maior crocância à porção. Mesma coisa para as fritas, que mesmo um pouco sem sal, são quentinhas e bem servidas. Ainda que com altos e baixos, o valor cobrado pelo prato não é alto, considerando a generosidade de comida. Tanto que acabamos deixando parte na mesa.

Logo após a chegada da Medley, veio junto o Fat Elvis (R$ 29,90), lanche composto por dois hambúrgueres, bacon, queijos cheddar e prato e salada. Primeiro ponto é o preço. Bem abaixo da média, caso comparemos com o que é ofertado por aí. É um lanche bem grande, com duas fatias de carne, e estar na casa abaixo dos 30 é um diferencial importante. Outro é o sabor. Embora o bacon se esconda um pouco, ele lembra um cheese salada aprimorado, com ingredientes de melhor qualidade. E isso não é nenhum demérito. A combinação de queijos é uma ótima sacada e a salada bem temperada. O blend usado nos hambúrgueres não decepciona, talvez não o colocando como o melhor da cidade, mas certamente entre os lugares mais bem pontuados. Isso, claro, se pontuássemos os lanches de alguma maneira. Como não fazemos, apenas posso recomendar uma visita, e o sanduíche em questão.

Fazia um tempo que queria visitar o Rock’n’Roll Burger. Sempre ouvi dizer que além de um belo lanche, a casa tinha um ambiente que qualquer amante do rock adoraria. A lanchonete fica bem no burburinho da Augusta, aquele pedaço que nunca fica vazio durante as noites.

Lá são dois ambientes, o térreo com mesas, uma música e algumas fotos na parede. Já o segundo guarda uma espécie de bar, com várias máquinas de pinball famosas, como a do Metallica. Os dois ambientes da casa funcionam com comanda e eu acho isso ótimo, porque se eu quiser sentar e também jogar pinball não preciso me preocupar com a mesa.

Agora vamos a parte boa: o cardápio se resume a lanches com nomes das bandas e cantores mais conhecido. Como entrada pedimos o Medley, que vinha batata frita, Onion Rings, Hot Wings e Great Balls on Fire. A porção é grande e muito bem distribuída, a batata é normal, e as onion rings são bem gostosas. Mas, o que se destaca mesmo são as chicken wings, como são boas! Com um molho picante, elas têm um ótimo sabor. Infelizmente, não posso dizer o mesmo das bolinhas de carne, pois achei totalmente insossas, com o sabor escondido e levemente queimado.

O lanche veio pouco depois da entrada e percebi que tínhamos muita comida, pois, além da porção tínhamos os lanches – e esses também acompanham um porção de fritas. Eu pedi o AC/DC (R$ 32,90), que é composto por pão australiano, hambúrguer, jamón (o famoso presunto espanhol, tipo Parma), cheddar e cebola caramelizada. E que combinação perfeita! O cheddar tem uma textura cremosa, com destaque para o sabor, junto da carne, bem temperada, e combina demais com o jamón que faz o papel de bacon. A única coisa que não gostei muito foi da cebola, ela estava doce demais, a ponto de neutralizar os outros ingredientes.

Acho que é um lugar que ninguém deve deixar de ir, pois o atendimento é ótimo, comida muito boa e farta. E o preço é bem aceitável, eles não abusam da tal gourmetização. Se você ainda não conhecer o Rock, vale muito a pena para um passeio com amigos, ou até um primeiro encontro, acho que ele se encaixa em tudo.


Rock’n’Roll Burger – Rua Augusta, 538 – Consolação; Contato: 11 3255-0351; Transporte: metro, ônibus, táxi; Pagamento: crédito, débito, vr; Faixa de preços: $$.
Anúncios

Um comentário sobre “Rock’n’Roll Burger, na Consolação

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s