Don Miguel, no Tatuapé

Ah, Tatuapé. Tão longe pra quem não mora por lá, mas ao mesmo tempo um lugar com tantas opções legais pra comer. Sempre que podemos vamos até o bairro, experimentando um restaurante novo. Desta vez escolhemos o Don Miguel, mexicano listado no Cinco Lugares, lá no começo do ano. E quando falamos em mexicano, o que logo vem à cabeça? Nachos? Tacos? Burritos? Nós sabemos. Uma pena que nem tudo saiu como planejado. Continua lendo pra entender melhor os motivos que, se possível, nos faria tirar a casa daquela lista.

barra-post-galeriafotos

barra-post-ele

É um dos lugares listados pela Na, então fiquei tranquilo sobre a procedência do lugar. Afinal, ela já tinha visitado o Don Miguel, qual a chance de ser um tiro no pé? Não sei dizer qual a margem disso acontecer, mas aconteceu. Uma sucessão de infortúnios percorreu nossa experiência no restaurante mexicano, seja por puro azar, ou por qualidade duvidosa mesmo. A decisão fica pra você que está lendo, prometo só contar o ocorrido.

Chegamos à movimentada Cantagalo por volta das 18h30, com as portas de Miguel abrindo ao público. A ansiedade por um tão aclamado lugar era grande, e ao encontrar seu salão vazio – devido ao horário pouco convidativo – me deu a impressão de que seríamos servidos como rei e rainha. Ledo engano. O atendimento, no geral, foi confuso e pouco receptivo. O rapaz que servia a mesa parecia estar fazendo aquilo por pura obrigação, sem vontade alguma de estar ali.

Escolhemos dois rodízios, cada um por caros R$ 57,90. E mais caro ainda quando, para minha surpresa, descubro que os Burritos não fazem parte deste cardápio. De acordo com o atendente, todo o resto estava disponível, salvo o dito cujo. E eu me pergunto: por qual razão? O preço cobrado já está acima do mercado, qual o motivo tirar um dos principais e mais famosos pratos da cozinha mexicana? Até por que não é um prato que envolve ingredientes mais caros, ou que já não estejam inclusos nas outras opções.

Agora sobre as opções existentes no cardápio, o Totopo é gostoso, sem aquele gosto clichê de doritos. Uma pena que os molhos que o acompanham são bem escassos, e o chilli tem um gosto forte demais de azeitona. Talvez no preparo, ou em algum outro momento do processo o ingrediente seja utilizado, e pra quem não gosta – como é o meu caso – fica difícil comer sem perceber. O próximo prato, chamado Potato Skins, nada mais é que uma batata assada com casca coberta por queijo cheddar e bacon. Faz parte da cozinha local? Acredito que não. É boa, ao menos? Também não.

O último, dos poucos pratos, foi uma combinação rasa de Quesadillas, Tacos e Taquitos. O primeiro apareceu em dois sabores: carne e peito de peru. Ambos são bons, sendo o primeiro servido em cubos, e com pouca representatividade dos outros ingredientes; enquanto o outro foi uma agradável surpresa, e uma inovação interessante. Os poucos Tacos que vieram nesse combinado não eram ruins, apenas não tinham sabor. O taco em si é crocante, mas o resto peca; mesma descrição que poderia ser usada para os Taquitos. Cara boa, crocante, e sabor algum.

Entretanto, acho que o pior mesmo foi o fato dos dois novos pratos do rodízio não estarem disponíveis. Fácil assim. O atendente disse que não estavam disponíveis, e pronto. Quem perde com isso? Você, que pagou caro por um rodízio incompleto. Ao menos o som ambiente, composto basicamente por todas as músicas disponíveis na discografia do Gipsy Kings, era legal. Isto é, pra quem gosta da banda francesa.

barra-post-ela

Mexican food! Eu amo, e acho que é uma das comidas mais saborosas que temos. E está cada vez maia difícil encontrar comida mexicana de qualidade, talvez porque a moda agora seja outro tipo de comida, não sei exatamente. Já tinha ido no Don Miguel uma vez e tinha gostado bastante, por isso fiquei falando para o Rapha que precisávamos ir.

Fomos em um domingo e bem cedo, eram umas 18h30 quando chegamos. Não tinha ninguém lá, e isso não é um sinal bom, mesmo que fosse em um horário alternativo. Sentamos em uma mesa e o garçom logo veio nos atender, já sabíamos que iriamos de rodizio então logo informamos. Ele perguntou se queríamos refrigerante refil e aceitamos, depois fui ver que era R$ 13,90 o refil!! Um absurdo de caro, mas ok, o valor do rodizio era válido (R$ 57,90).

Primeiro vieram três pratos : Potatos Skin que, nada mais que uma batata recheada com cheddar e bacon; nachos com os tradicionais molhos e nachos com chilli. Os grandes diferenciais foram que os nachos eram realmente nachos, e eles estavam quente, e que o chilli apesar de não ser muito apimentado era gostoso. As partes ruins eram: os molhos tradicionais não tinham gosto de nada e certamente aquele sour cream era cream cheese. Nada contra o cream cheese, gosto muito dele na verdade, mas não combina muito com a comida mexicana.

Ok, estamos sendo muito rígidos, foi o que pensei, vou testar os pratos principais. Então vieram um quesadilla de frango, uma de carne, taco de carne, frango e um taquito de carne. Na verdade tinham outras variações de tacos, que era indiferentes. E isso era o que tinham pra oferecer. Vou dizer que ficamos bem decepcionados quando vimos que eram apenas seis pratos. Além de tudo, os pratos não eram nada demais, não tinha burrito, e no cardápio avisava sobre dois pratos novos, mas quando perguntei, a resposta foi uma ligeira “não está disponível”.

Foi realmente decepcionante, talvez se eles se nomeasse um tex-mex seria bem mais inteligente, porque definitivamente mexicano eles não são. A comida não tinha pimenta alguma, a guacamole era sem gosto e o sour cream era cream cheese. Eles podem ter usado a cozinha mexicana como base para inspiração de seu cardápio, mas não os torna um verdadeiro mexicano. E lembra que falei no começo que o valor era válido? Então para servirem seis pratos é um valor absurdamente caro. Talvez tenha que mudar minha opinião.


Don Miguel – Rua Itapura, 757 – Tatuapé; Contato: 11 2097-6683; Transporte: metrô, ônibus, táxi; Pagamento: crédito, débito, vr; Faixa de preços: $$.

Anúncios

5 comentários sobre “Don Miguel, no Tatuapé

  1. Casaaaaal!

    Nesta mesma rua, mais acima, há o La Buena Onda, um restaurante feio, estranho, mas com a melhor comida mexicana (bem simples, sem frescura) do mundo! Se forem peçam o Nachos com Chilli e Queso, vem tudo misturado, nunca vi igual, mas é DIVINO! Preço justo também 🙂

    O Burrito também é fenomenal, delícia!

  2. Heey guys!
    Como no comentário acima, também recomendo MUITO o La Buena Onda na mesma rua do Miguel (que diga-se de passagem, detestei após visita).

    O La Buena Onda é estilo fast food, sem frescura, mas de fast food não tem nada, pois a comida é a MELHOR QUE JÁ COMI em qualquer restaurante por aí. Hoje em dia eu e meu marido vamos pelo menos uma vez por semana!

    Façam uma visita e experimentem, garanto que vocês não se arrependerão 🙂

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s