#Foodtrucks: Só Coxinhas, pela cidade

141222-socoxinhas-01

bt-hashtagfoodtrucks-bar-ok-01

Quando alguma coisa dá certo, ou vira tendência, é normal que o modelo seja ‘inspirado’, pra não dizer copiado. Neste último ano os food-trucks apareceram com muita força no cenário gastronômico de São Paulo, e se antes ofereciam apenas sanduíches, temakis ou sorvetes, cada vez mais dá pra encontrar uma grande diversificação entre os cardápios. Uma prova disso é o Só Coxinhas, kombi que vende apenas a deliciosa iguaria. Fomos neste fim de semana conferir os salgados deles, e você confere agora o que achamos.

barra-post-ele

Para tudo na vida existe um lado ruim e um lado bom. Até mesmo para um food-truck de coxinha. Se você já leu um ou dois posts no blog, deve conhecer minha adoração pelo salgado. Tanto que fizemos um especial só pra pesquisar o salgado pela cidade. Então quando anunciaram a abertura de uma caminhonete que vendia apenas coxinha, claro que meu desejo era de correr até lá o mais rápido possível. Deu certo neste domingo, quando encontramos a kombi acompanhada por uma surreal fila.

Em São Paulo filas não são surreais. Fazem parte do quadro urbanístico da cidade, por isso todo mundo já está acostumado a fica dez minutinhos em uma fila, seja para qualquer coisa. Mas tudo tem limite. Ficar quinze minutos para pegar um copo com coxinhas, que já estão prontas, é demais pra minha cabeça. Claro que a procura é alta, muita gente vai atrás, mas agilidade é alma do negócio, especialmente em um food-truck. Um dos problemas dessa moda atual é a falta de preparo e estrutura pra atuar nesse segmento. Muitos entusiastas, sejam engenheiros, publicitários, médicos ou o que for, na onda da comida de rua, montam a própria caminhonete pra tentar a sorte. O problema é que essa falta de prática põe tudo a perder. E faz um potencial cliente desistir de comprar. Ou um blogueiro escrever o que está escrevendo.

Bastante tempo depois, quando fizemos nosso pedido, outro baque: R$ 10 um copinho com uma dúzia de coxinhas. Não interessa se são ótimas ou impossíveis de serem comidas, mas cobrar esse valor pelo que é também é surreal. Com esse dinheiro, por exemplo, daria pra comprar quatro vezes na Coxinha du Chef. Ou com um pouco mais seria possível investir numa porção das maravilhosas coxinhas do Veloso.

Tudo isso pra concluir: a coxinha é boa ou não? A de Queijo, uma das duas opções do cardápio, é maravilhosa. Temperada com orégano, são bem quentinhas e saborosas, como uma coxinha deve ser – nesse caso, uma bolinha de queijo com um formato diferente. A de Frango, embora seja gostosa, não chega aos pés da outra versão, e realmente não justifica o valor cobrado pelo copo.

barra-post-ela

Fazia tempo que estava afim de ir no Só Coxinhas porque não tem como não querer comer uma boa coxinha, e a ideia de fazer o food truck é muito boa. Então quando vi que eles iam estar no encontro de food trucks de Moema logo falei para o Rapha para irmos lá. O encontro não é muito bem organizado e tem pouco espaço para os carros e acaba ficando fila em todos os trucks, o que eu acho muito ruim, até porque estava o maior calor! Eles deveriam pensar em fazer em um lugar mais favorável para eles mesmo.

Entramos na fila do food truck e estava razoavelmente grande, e o que notamos é que o moço do caixa, não sei se ele era o dono ou algo do tipo, mas ele era super enrolado e demorava muito para fazer o pedido, gerando a maior fila para pedir, sendo que o pedido sai quase que instataneamente. Isso me incomodou muito, porque estávamos na fila no maior sol! Então quando o casal dá frente pediu refrigerante e ele disse que não tinha me incomodou mais ainda, como não tinha refrigerante?? Só tinha chá e cerveja.

As coxinhas são de dois sabores salgados e dois doces, mas nós só pedimos as salgadas porque a doce não é uma coisa que nós atraiu demais. Fomos em dois copos grandes, um de frango e um de queijo, cada um por R$ 10, cada um com cerca de 10 coxinhas. Elas são pequenas, e o valor é bem caro, mesmo elas sendo incríveis. Eu gostei mais da de frango que mesmo sem catupiry é bem molhadinha, tirando que elas são super secas e quase não sujam a mão. Muito boas mesmo. Comeria um balde delas, pena que são tão caras. Acredito que eles entrem nessa onde de gourmet atualmente tudo é gourmet e caro. Até comida de rua virou gourmet.

141222-socoxinhas-servico

 

Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s