Chili Peppers, na Bela Vista

141106-chilipeppers-01

Comida mexicana é tudo igual? Apenas os rodízios valem a pena na cidade? Embora as dúvidas sejam válidas, sempre é importante procurar novos lugares e deixar o sabor de suas cozinhas provar o contrário. Não esperávamos muito, mas o acanhado Chili Peppers conseguiu nos proporcionar uma deliciosa experiência, por um preço bem em conta. Acha que pode se surpreender? Dá uma olhada. Vai que.

barra-post-galeriafotos

barra-post-ela

Você tá lá na Paulista sem fazer nada e entra no Top Center. Para quem não conhece é um shopping super pequeno, que fica ali do lado da Gazeta. Um centrinho de dois andares, que passa despercebido por muita gente, então não é impossível dizer que nunca tinha reparado em sua praça de alimentação. Resolvemos nos aventurar pelas opções presentes e acabamos escolhendo o Chili Peppers, um restaurante mexicano que fica em um dos cantos da área.

O cardápio é bem simples, um típico TEX-MEX e sem muitas opções. Acredito que por ser dentro de shopping o cardápio acaba se tornando por inúmeros fatores mais enxuto. De primeira duvidei um pouco, não acreditava que a comida de lá era boa, simplesmente pelo lugar não te passar essa segurança. Mas sim a comida é muito boa, adiantando o final do post, hahaha. Lembra quando fomos ao Don Pancho? Eu estava extremamente decepcionada com a aquela experiência, e o medo de tudo se repetir meio que me seguiu.

Pedi a Quesadilla Classic, que você escolhe o recheio entre frango, carne ou queijo, e é servida junto de guacamole e hot salsa. Isso tudo por R$19,80. Por hot salsa entenda uma porção acanhada de feijões com queijo em cima. De brinde, o prato acompanha um pouco do insosso arroz mexicano, que ficou sobrando no prato. Eles poderiam nos privar da experiência de fazer um arroz seco e sem gosto, focando mais no que realmente importa, as quesadillas. E embora sejam apenas quatro, vale a pena pelo valor baixo, e pelo sabor da panqueca mexicana.

No final eu e o Rapha acabamos dividindo os pratos para poder provar tudo que estava na mesa, apenas pra comer mais. Eu realmente não esperava uma comida tão boa, eles temperam de maneira mexicana mas a pimenta não é absurda em nenhum momento. Tudo que foi usado era super fresco e os molhos eram incríveis. É o tipo de comida que em um rodízio sairia rolando!

barra-post-ele

Engraçado como vida nos prega peças, e de onde você não esperava muita coisa sai algo bom e surpreendente. Essa é a base do discurso que uso pra descrever o Chili Peppers, restaurante mexicano escondido no Top Center, no meio da Paulista. Talvez a incredulidade tenha vindo pela decepção do Don Pancho, última casa temática que visitamos, e a comida deixou muito a desejar. Sorte que desta vez a história foi outra. A analisar pelo cardápio: eles não oferecem o sempre procurado rodízio, aqui se compra o que quer comer e pronto. O cardápio em si não é muito complexo, o que pode ser bom ou ruim.

Bom pra quem não tem o costume da culinária local, e acredita que tudo se resume em tacos e burritos; mas por outro lado, ruim pra quem já é habituado e procura algo fora da caixa. Se é o que está procurando, talvez não seja sua melhor opção. Dá uma olhada no El Mariachi, pode ser mais sua pegada. Ainda assim, o Chili Peppers tem um que de pontos positivos. Pedi o Nachos Supremos, prato bem servido com totopos frescos e crocantes, acompanhados com parcas porções de guacamole, sour cream e feijões.

Entretanto, mesmo que a apresentação conte muitos pontos, é preciso ter a preocupação com a montagem do prato. Jogar os feijões quentes logo abaixo do guacamole não é uma ideia inteligente. Além de misturar os dois sabores, tirando a característica de ambos, a porção quente acaba murchando os totopos. Talvez um outro recipiente para servir os acompanhamentos resolvesse o problema. Todavia, mesmo saboroso, existe um ponto negativo: a falta de equilíbrio. A porção traz quatro acompanhamentos em um prato – teoricamente – pequeno. Não só a questão da mistura, mas é possível ver pela foto a desproporção entre, por exemplo, o feijão e o guacamole.

E isso sem falar da pimenta pico de galo. Que, aliás, não tinha muito de pimenta. O sabor relembrava mais um vinagrete de churrasco do fim de semana, com uma lembrança bem longe da picância proporcionada pela pimenta. Sem gosto, ela toma conta da maior parte do prato, e ajuda também a murchar parte dos doritos. Ressalvas à parte, o prato é gostoso, ao seu modo, e cobra um valor adequado para o que é servido: R$ 23.

Com a parte salgada concluída, fiquei tentado em experimentar a pequena porção de Mini Churros, servida em um dispensável prato de plástico e um pouco de doce de leite. Por R$ 3,90 é o suficiente pra saciar qualquer pessoa que tenha passado pela primeira etapa alimentícia do restaurante sem doer o bolso.

141106-chilipeppers-servico

Anúncios

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s