Ben & Jerry’s, no Jardim Paulista

141103-benjerry-01

Você gosta de sorvete? Claro que gosta. Quem não gosta de sorvete? No começo do segundo semestre desse ano a Ben & Jerry’s, marca americana da sobremesa começou a oferecer seus quitutes em terras brasileiras, para a nossa alegria. A primeira, e única, loja disponível fica no Jardim Paulista, em um salão enorme de dois andares. Talvez seja pelo ambiente, talvez seja pelo atendimento, ou talvez pura e simplesmente pelo sorvete. Mas seja qual for o motivo, pode visitar que você vai gostar. E vamos mostrar agora o porquê.

barra-post-galeriafotos

barra-post-ele

Temos um vencedor. Diletto? Bacio di Latte? Me Gusta? Nada, quem manda nos sorvetes de São Paulo é a santa loja da Ben & Jerry’s. Já tinha ouvido falar, mas nunca experimentado os sorvetes da marca, e quando o anúncio da chegada ao Brasil foi feita, a Na ficou em polvorosa, e agora eu entendo o motivo. Você gosta de Häagen-Dazs? Acha bom o sorvete deles? É porque você não teve a chance de tomar o do Ben & Jerry’s. Posso ser ousado, mas tirando os gelattos tipicamente italianos, esse foi o melhor sorvete que tomei na minha vida, e digo o porquê: pedaços.

Até então eu não sabia qual era a da marca, achei que fosse apenas mais uma fabricante de sorvete com status. Só que chegando à loja – que fica na rica Oscar Freire – os painéis explicam qual é a do tal do Ben e do Jerry. Eles queriam fazer algo diferente, então fizeram sorvete e jogaram pedaços de ingredientes na mistura. Tipo, pedaços mesmo. Não é aquela coisa que você tá acostumado por ai.

Fomos numa quarta depois do trabalho visitar as instalações, que, aliás, eu fiquei sabendo que é a maior do mundo. E na lojinha três tamanhos estão disponíveis: uma bola, por R$ 10; duas bolas, por R$ 14; e três bolas, por R$ 17. Alguma dúvida da minha escolha? Claro que a maior. E com isso nasceu uma nova dúvida: sabores, qual escolher? Honestamente, não conhecia o leque de opções da marca, e tive que escolher na hora. Acho que fui bem. Pedi o mais que tradicional, e carro-chefe, Chocolate Chip Cookie Dough, que é um sorvete de creme com massa de biscoito. E não é qualquer sorvete. Que coisa boa. De verdade. É macio, é saboroso, e tem pedaços de chocolate!

Acabou? Nada! Ainda faltam dois sabores. Pra continuar com a base dos ingredientes quis o Chocolate Therapy, que mesmo sem divulgar oficialmente (possivelmente por questões contratuais), é um sorvete de creme com pedaços de Oreo. Gostoso, sem dúvida. Mas o sorvete de Negresco é tão gostoso quanto, embora no quesito pedaços o B&J saia na frente. Por sim, pra acabar: Chunky Monkey. Sabe o que é isso? Sorvete de banana com chocolate e nozes. E sabe o que quer dizer chunk em inglês? Pedaço. Pensa nisso.

Em suma, eu gostei? Demais. Vou voltar? Sem dúvida. Recomendo? Mais que tudo. O sorvete é realmente bom, e fico contente de ter sido levado pela Na. Claro que não é o único sorvete bom da cidade, vide a deliciosa Casa Elli, mas é uma opção legal pra tomar um gelado diferente. Se não conhece a marca, acho que você pode mesmo pegar uma tarde de sábado, já que o sol não dá uma trégua, e visitar o bonitinho ambiente.

barra-post-ela

Ben & Jerry’s. Já gostava da história deles antes do sorvete chegar ao Brasil. Eles são realmente diferentes, têm uma historia incrível em cima de uma marca e, ao contrário de muitas outras se construíram do zero para fazer algo que realmente gostavam. Se você não conhece a historia deles, pesquise na internet! Vale a pena.

A marca, que é muito conhecida nos EUA, chegou no Brasil para brigar com as marcas premium, tipo Diletto e Baccio. E por enquanto só vão vender seus excêntricos sorvetes na loja física que fica no começo da Oscar Freire. A loja é enorme, bem maior do que ela aparenta ser por fora, e incrível também! Toda decorada com o dilema da marca “Paz, Amor e Sorvete”. Mesmo que você nao goste de sorvete a loja já vale a visita.

No dia que fomos estava super vazio, o atendente nos disse que tivemos sorte. Com um painel na entrada você percebe que todos os sabores são bons, mas piora quando você experimenta e vê que eles são ainda melhores. Eu e o Rapha provamos vários, mas optei pelos tradicionais Phish Food e Chocolate Fudge Brownie. O primeiro é chocolate com marshmallow, calda de caramelo e flocos de chocolate. Eu sei que parece enjoativo, mas não é, eu juro! É de longe o melhor que provei naquela noite, pois os sabores são incrivelmente balanceados. O segundo é o mais tradicional da marca, pois foi o primeiro sabor que eles inventaram, e eu não gostei muito! Talvez por ser praticamente um brownie mole, mas ok, vale experimentar.

O moço que atendeu a gente me fez gostar ainda mais da experiência, ele estava gostando de verdade de explicar tudo que ele tinha aprendido com a marca. No dia era o lançamento da casquinha feita de waffle, mas escolhemos o pote normal, e para incrementar peguei uma casquinha com granulado. Mesmo não sendo super barato, e está na média das sorveterias premium pela cidade, vale muito a pena!

141103-benjerry-servico

Anúncios

4 comentários sobre “Ben & Jerry’s, no Jardim Paulista

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s