Coffee Lab, na Vila Madalena

140818-coffeelab-01

Você gosta de café? Já curtiu alguma das nossas curiosidades sobre o grão lá no Cafélogia? Pois bem, até o final do mês está acontecendo em São Paulo mais uma edição do Coffee Week, evento onde os estabelecimentos oferecem receitas e/ou promoções especiais para os apreciadores de um bom e quente cafezinho. Pra não deixar passar em branco, fomos até o Coffee Lab, uma das mais, se não a mais, renomada cafeteria da cidade, com todos seus prêmios e tudo mais. Conhecido por seus grãos especiais e diferenciados, além de algumas combinações únicas entre grãos, o lugar é sempre cheio de gente que está em busca das novidades, e do blend do dia.

barra-post-galeriafotos

barra-post-ele

Se não estou enganado, está é a primeira cafeteira que vamos aqui no blog, não? Já até tomamos um bom e bem feito café em algum dos lugares que visitados, tipo a Luana Davidsohn, mas uma casa especializada na fruta – não se espante, o café é sim uma fruta – é a primeira vez. E isso aconteceu primeiro pela data citada acima o tal Coffee Week, e depois pela necessidade de diversificar um pouco. Casais vão além do japonês e do hambúrguer, para o nosso desespero, por isso queremos procurar experiências diferentes, que ainda não tratamos por aqui. Então já sabe, se achar que falta algo, fala com a gente, tá?

Mas vamos falar de coisa boa. Neste fim de semana eu e a Na, e um amigo nosso (aliás, reparem como o ‘casal’ está sempre acompanhado de alguém, rs) fomos até a cafeteria depois de almoçar, pra tentar encher o último espaço do estômago com uma boa xícara de café. Por se tratar de uma casa mais ‘gourmet’, por assim dizer, é compreensível que algumas pessoas estranhem gostos mais acentuados, longe daquele padrão de café da padaria.

E por se tratar de uma casa mais ‘gourmet’, entenda também preços um pouco acima daquele encontrado na padaria. A xícara que pedi, e vou falar mais dela abaixo, custou R$ 5, um preço que meu pai certamente xingaria até agora. E essa é a parte barata do cardápio, que oferece combinações que custam o dobro. Mais uma vez, compreensível por se tratar de um lugar da moda em plena Vila Madalena, onde pobres mortais como nós não vão tomar o santo cafezinho de cada dia. Vale, por exemplo, se você e sua (ou seu) respectivo (ah, deu pra entender) gostam de um programa mais cult, mais cabeça, tipo ir aos recém-reaberto Belas Artes, tomar um blend com nomes impronunciáveis pode ser uma boa.

E blend é o nome dado para a mistura de grãos de diferentes regiões, que podem ser daqui de São Paulo, de algum lugar do Brasil ou até de fora. Depende muito do seu bolso, rs. E não sou nenhum especialista em café, então me desculpe se falar alguma bobeira daqui pra baixo. Aliás, desculpe se falar alguma bobeira em qualquer momento.  O Coffee Lab oferece, como em outros muitos lugares, diferentes métodos de preparo: Aeropress (que é o nosso bom e velho espresso), o Coado, o French Press e o Clever. Fui no primeiro, que se caracteriza por concentrar o sabor em menos quantidade (que não o torna pequeno, ou pouco). Escolhi o blend do dia, que foi o Raposeiras, e é uma mistura – de acordo com a moça do atendimento – entre grãos de Minas Gerais e Espírito Santo. Ainda escolhi na xícara grande (sim, você pode escolher o tamanho dela, que, aparentemente, influencia no sabor final), fazendo com que o café parecesse ainda menor. Para a descrença da Na.

Talvez fosse realmente pouco. Afinal, foram R$ 5. Mas, pra mim que gosta de café, valeu a pena. O sabor é bem diferente do habitual. Não sei precisar exatamente quais tipos formavam minha xícara, mas estava realmente bom, um pouco frutado, um pouco amargo. E sem açúcar, como recomendam os sempre atenciosos baristas/atendentes do local.

Como falei acima, não é um lugar pra se ir todo dia, porque pode acabar se tornando caro. Mas vale a pena, se você gosta de café. Até porque é um lugar bem diferente, com um quê de industrial. O pessoal que trabalha por lá veste um macacão, e as máquinas ficam todas espalhadas pelo salão, jogando o aroma nos narizes alheios.

barra-post-ela

Não sei se vocês sabem mas essa semana está rolando o Coffee Week em São Paulo. É mais um semana onde os estabelecimento que vendem, por exemplo café, fazem promoções ou produtos que estão fora do cardápio. Eu e o Rapha fomos no Coffee Lab, ele sempre me disse muito bem de lá, e que queria muito me levar (Nota dele: programa cult, lembra?).

Como tínhamos acabado de comer muito no almojanta, decidimos tomar um cafezinho para a comida descer bem. A melhor parte do Coffee Lab é o ambiente. Ele é extremamente acolhedor e tem uma decoração única. Você faz o pedido direto no caixa e espera o seu pedido na mesa, e apesar de estar bem cheio o atendimento é rápido.

O cardápio atrai os apaixonados por café, muitos dos grãos oferecido são produzidos e moídos por eles. São diversos tipos de café, os mais incrementados variam de R$ 10 a R$ 12. Você ainda pode experimentar os rituais, onde eles te ensinam as misturas dos sabores. Infelizmente não sou fã de café, eu realmente não consigo gostar, por isso pedi um Cappuccino que se mostrou bem avantajado para o padrão, por R$ 8.

Achei o gosto do cappuccino bem forte, talvez porque eles usem um tipo de café diferente, então não gostei muito. Mas sei que essa é a opinião de uma pessoa que não gosta de café, o Rapha experimentou e gostou muito. Agora quando experimentei o café dele, pelo amor de Deus! Eu quase vomitei que coisa horrível. Se você é amante de café, pode correr para lá que você não vai se arrepender.

140818-coffeelab-servico

Anúncios

3 comentários sobre “Coffee Lab, na Vila Madalena

  1. O aeropress é diferente do espresso. O aeropress sai de um dispositivo, de plástico que possui um êmbolo, sob alguma pressão, mas muito menos pressão do que o espresso que sai de uma máquina grande apropriada. O espresso de lá é bem gostoso, apesar de quem não está acostumado achar muito forte. Mas recomendo outra visita para um espresso.

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s