Camarões em São Paulo

140623-camaroes-02

casalnacopa-bar-01

Em sua sétima participação em Copas do Mundo, Camarões já está matematicamente desclassificada. Ainda assim, faz hoje seu terceiro e último jogo exatamente contra o Brasil. Mas se você pensa que tudo pode ser resumido em Roger Milla e Samuel Eto’o, maiores astros por lá, está bem enganado. Sua cultura local é bem forte, e a culinária se destaca na África. A base de peixe, banana, mandioca e alguns condimentos, a comida em Camarões é bastante saborosa e alguns pontos até mesmo forte demais para alguns paladares.

Não é muito fácil encontrar um lugar com essa gastronomia típica, mas como dizem que São Paulo é a terra onde tudo é possível, acabamos encontrando um restaurante no Centro da cidade. Perto do metrô República, o Biyou’Z passa quase despercebido pra quem não presta atenção, instalado em uma pequena loja na Barão de Limeira. Com pratos não apenas de Camarões, mas outras nações africanas, como Nigéria, Gana e Costa do Marfim, o restaurante é bastante visitado por quem quer experimentar as particularidades da cozinha africana.

barra-post-galeriafotos

140623-camaroes-01

barra-post-ele

Essa foi minha primeira incursão à gastronomia africana, que fique bem claro. Sempre tive curiosidade em saber o que o pessoal do outro lado do Atlântico come, e imaginei que tivesse uma base de peixe e especiarias do país. E foi basicamente isso que encontrei no restaurante. Isso e além. Quando li sobre o Biyou’Z, não conseguia formar na minha cabeça uma imagem do local, descrito como um ambiente pequeno com paredes pintadas e gente simpática.

Chegando lá por volta das 14 horas em pleno sábado, fiquei surpreso com o quanto de gente estava no local. Conseguimos pegar uma mesa pra dois em poucos minutos, mas a fila continuava. Gringos por causa da Copa, imigrantes do oeste africano e curiosos, como eu e a Na, enchíamos a pequena loja com meia dúzia de mesas. E aí chegou o cardápio. Toda a dúvida, toda a falta de informação que eu tinha sobre a culinária africana acabou ali. Muita opção, fotos bonitas e pratos que davam água na boca. Escolhi o Ndolé, um dos principais de Camarões, feita com pasta de amendoim cozida com folhas de boldo, cubos de carne e fatias de banana da terra. Isso mesmo, banana.

Quando nós, brasileiros, lemos banana em um cardápio logo vem a ideia de um prato agridoce, por motivos óbvios. Mas, aparentemente, não é o que acontece por lá. Não que seja super salgada, mas a banana não tem a doçura que estamos acostumados. Ela fica até um pouco sem graça, por não ter nenhum condimento junto, só que fica ótima junto do creme de amendoim e boldo. Por mais estranho que pareça a combinação orna muito, e o gosto final do prato é bem saboroso. Já imaginava alguns pedaços de gordura, ou nervos na carne, mas nada foi encontrado. Apenas carne, gostosa, bem feita e farta.

Aliás, esse é outro ponto a ser levantado. Os pratos são enormes, do tipo que você pode comer e levar metade pra comer no dia seguinte. A Na, por exemplo, não conseguiu ir até o final, e eu mesmo deixei um pouco de comida no prato. E o pior (ou melhor) são os preços. Paguei R$ 18 no meu almoço, que era um dos pratos mais caros do restaurante. Em via de regra, por menos você consegue matar fome fácil fácil. E não se preocupe com o medo de não conhecer nada da comida local. Lembra da parte das pessoas simpáticas? É a mais pura verdade. Nosso garçom, o camaronês Victor, que fala um português bem carregado, ajudou em todas as dúvidas, e não apenas as nossas, de qualquer pessoa que estivesse por lá.

Se recomendo o lugar? Sem dúvida alguma. Acho, de verdade, que é uma experiência que todos deveriam passar, e pretendo voltar lá em breve. Talvez tenha sido o momento de Copa, mas o ambiente é altamente cosmopolita, e no meio daqueles prédios velhos do Centro de São Paulo e gringos soltando o bom inglês, dá pra se sentir fora do país por alguns momentos.

barra-post-ela

O Brasil precisa apenas de um empate para passar e seguir na tentativa do hexa, o time de Camarões sempre foi conhecido pela sua forca e raça, o que o time desse ano não deixa a desejar. Provavelmente você, como eu, nunca tinha ouvido falar em um restaurante camaronês e com certeza também não sabia o que exatamente eles comem em Camarões. Último adversário do Brasil na primeira fase da Copa, o país africano fez com que eu e o Rapha procurássemos saber quais os principais pratos e doces dos nossos adversários.

O restaurante reúne pratos típicos de alguns países conhecido da África, como Nigéria, Camarões, Costa do Marfim e Gana. Localizado no Centro de São Paulo, o restaurante não chama a atenção e tem um salão simples, porem aconchegante e o atendimento perfeito. Apesar do garçom, Victor, não falar tão bem assim o português, ele foi SUPER atencioso e carismático.

Como o Victor mesmo mencionou “Nós africanos comemos TUDO com muito tempero”. Isso mesmo, no cardápio você quase não vê pratos que não tenham molho, ou algum tempero típico africano. E infelizmente, eu não sou muito fã desse tipo de coisa, o prato que escolhi foi o Malang, era banana da terra frita, peixe frito com molho acebolado.  Eu amo peixe, ele não me decepcionou, o peixe era sequinho e super saboroso, acredito que feito apenas com limão, pois vinha coberto de um molho de cebola que era gostoso. Já as bananas fritas me decepcionaram um pouco. Quando vi no cardápio a opção, pensei em algo como banana à milanesa, mas, infelizmente elas são meio sem gosto e como são muitas, acabam enjoando.

Paguei R$ 16 reais no meu prato que era BEM, tão grande que eu não consegui comer tudo e o Victor veio me perguntar se não tinha gostado. Eu gostei, na verdade me surpreendi bastante em relação à comida camaronesa, na verdade acho que não sabia exatamente o que eu esperava. Prato grande e preço justo, se você tem curiosidade como nós, vale muito a pena a visita ao restaurante, que tem outros pratos interessantes da comida africana.

140623-camaroes-servico

Anúncios

2 comentários em “Camarões em São Paulo

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s