Dia dos Namorados no Hakka Sushi, na Vila Olímpia

140609-hakka-01

Essa semana tem o tão esperado Dia dos Namorados. Se você já está acompanhado, ou acompanhada da pessoa amada, é melhor ter escolhido um lugar especial pra fazer aquele jantar romântico. Se não reservou uma mesa no restaurante favorito do casal, ou não tem ideia ainda, quem sabe essa não pode ser uma boa sugestão? Embora boa parte dos lugares que já estivemos aqui no blog seja uma opção válida, quisemos ir a algo que fosse um pouco diferente do dia a dia, mas que também não caísse no clichê da data. Como somos os dois apaixonados pela cozinha japonesa, porque não?

Com alguns endereços pela cidade, o Hakka Sushi é uma casa de culinária japonesa que se destaca das demais pelo variado e amplo cardápio, além de ter a facilidade de constar no Grubster, dando aquele apoio que todo mundo gosta. Então dá uma olhada no que achamos do lugar, que até deu um texto maior que o normal, e deixe seu comentário, se conseguir ler até o final.

barra-post-galeriafotos

barra-post-ele

Acho que esse foi o lugar mais difícil de escolher até agora. Primeiro porque temos nesta semana, e por acaso, no dia 12, a abertura da Copa do Mundo. E isso cai numa quinta. Poderíamos ter publicado nossa crítica de Dia dos Namorados no próprio dia, mas eu e a Na achamos que seria mais legal fazer alguns dias antes, servindo de dica para os casais que ainda não marcaram nada. E o segundo ponto complicado foi escolher o restaurante. No princípio pensei talvez em algum bistrô francês, que tem bem a cara da data, mas acabamos não chegando em um consenso. Aos 45 do segundo tempo demos uma olhada no bom e velho Grubster e acabamos topando com o Hakka Sushi. No aplicativo a unidade com desconto é o da Vila Olímpia, então marcamos para o mesmo dia e partimos rumo ao desconhecido! (Mentira, a gente adora o Hakka e já tínhamos ido).

Melhor começar falando pelo preço. Considerando o desconto aplicado, e cada um pediu uma lata de refrigerante, mais o serviço da casa, pagamos individualmente pouco mais de R$ 56. Caro? Não acho. O rodízio é muito bem servido. Qualquer item do menu está disponível, diferente de alguns lugares que tiram o camarão e coisas mais cara do cardápio. No Hakka não, coma o quanto quiser, e quanto puder. E nós comemos…

Começando pelo começo, de entrada vieram o Carpaccio e o Cevice de Salmão, que eu gosto bastante, mas que pra mim são apenas sashimis com algum molho diferente. O carpaccio está bem saboroso, digno de ser pedido pra quem ainda não conhece. Já o cevice não gostei tanto. Um pouco adstringente demais pra mim, o que não faz do prato ser ruim, apenas não o meu favorito. Continuando as entradas, o garçom trouxe a seguir Harumakis de Legumes e Guioza de alguma coisa que não era carne. A Na supôs que fosse couve, e por falta de conhecimento, apoio a decisão dela. Sou muito fã do famoso rolinho primavera, mas infelizmente os servidos estavam com o meio gelado, algo que não pode acontecer. Os pasteizinhos estavam apetitosos, mesmo que recheados por algum ingrediente secreto. Mas nenhum dos dois chegava aos pés da próxima coisa que vinha na bandeja.

Camarão empanado. Grande. Bom. Quente. Cuidado com a boca. A massa é sensacional, daquele tipo que mesmo pegando fogo você ainda quer colocar tudo pra dentro. Foi mais ou menos o que aconteceu, e não me arrependo disso. E o camarão? Jesus, que camarão gigante. Nada daqueles comprados no supermercado do tamanho de uma abelha. Estamos falando aqui de camarão camarão, com C maiúsculo. Caso seja fã do fruto do mar, peça muitos dele, sem brincadeira. Não vai se arrepender.

Passadas as entradas, pedimos alguns temakis. Até entendo a regra implícita de que não é recomendável pedir temaki em rodízio, já que você fica satisfeito e não come nada (vale a mesma coisa para o yakissoba, se não sabe). Como queria experimentar o cardápio todo fui mais comportado e pedi apenas dois, um Temaki de Salmão com Cream Cheese, tradicional, daqueles que todo mundo pede; e um Temaki de Peixe Branco, porque, né? Feitos no tamanho certo, pra que você possa apreciar melhor as outras opções, não tenho nada pra reclamar. Gostosos, como deveriam ser.

Antes do prato principal (na verdade antes, durante e depois), o bom e velho Hot Roll. Caramba, como eu gosto disso. Os primeiros vieram bem quentinhos, com bastante tare, do jeito tradicional. Uma pena que com o passar do tempo eles começaram a chegar à mesa mais gelados e menos crocantes. Sorte que já tinha comido muita coisa, então não dei muita atenção pra isso. Mas vale lembrar, ainda assim.

Outra coisa que vale lembrar, e eu quase esqueci é o Chicken-katsu deles, que nada mais é que um tonkatsu de frango. E olha, seria mais fácil ter esquecido. De longe é o prato que mais destoa do saboroso cardápio do Hakka. Duro, seco e com aspecto de velho, não consegui comer tudo, deixando boa parte no prato.

Depois de tudo isso, veio o que deveria vir: o combinado de sushis e sashimis. Fatias de salmão, atum e peixe branco, acompanhados de uma enorme variação de Uramakis, Hossomakis e Niguiris. Dentre todos, preciso destacar os Dyo, que são aqueles que você provavelmente adora, mas nunca soube o nome. Sabe aquele sushi estranho enrolado em salmão que parece impossível de pegar com o hashi? É esse mesmo. E no restaurante os sabores vão além do comum. Pedimos quatro em especial: o Dyo com Geleia de Amora, o Dyo com Geleia de Abacaxi, o Dyo com Geleia de Damasco e o Dyo de Acelga e molho Tarê. Achei os três primeiros espetaculares, mas o quarto não foi dos meus preferidos. Talvez alguém goste, mas não acho que a acelga combine.

Pra acabar, e não esquecer, preciso, tenho e devo falar do maior diferencial do Hakka, que é o motivo principal de ter sido escolhido por este que vos escreve: sobremesas. A casa oferece uma porção de doces pra quem ainda aguentar depois de tanto peixe, e uma coisa ali se sobressai, o Sorvete. Existe uma máquina de sorvete de baunilha, daquelas que você encontra no McDonald’s, e sempre teve vontade de brincar. Agora é a sua chance. Vá e se apaixone. Em época de Dia dos Namorados, esse é o melhor presente que eu poderia ganhar, de tão bom que é. E nem o gelado extremo que me deixa com dor de cabeça me fazer pensar o contrário. Sem dúvida é a melhor coisa do Hakka, que me perdoem a sinceridade.

barra-post-ela

Se você e o seu namorado gostam de comida japonesa, o Hakka é quase o local ideal para comemorar o Dia dos Namorados. O ambiente é romântico, um clássico restaurante japonês para casais, aquela luz baixa, mesas com sofás ou com poucas cadeiras. O atendimento é exemplar, rápido, com garçons solícitos e sempre procurando anotar os pedidos e trazer o mais rápido possível.

Mas falando das coisas realmente boas do restaurante, o rodízio é super em conta pela parceria com o aplicativo Grubster que dá desconto de 30% na conta final. As opções são quase infinitas em relação a maioria dos restaurantes japoneses que costumam limitar o seus festivais apenas o básico. Para entrada, além dos pratos tradicionais harumaki, guioza, mishoshiro, yakissoba, eles oferecem também camarão empanado com uma massa incrível, carpaccio de salmão e peixe branco e um ceviche caprichado.  Pedi como entrada também um temaki de salmão grelhado e tare que apesar de não ser muito grande ele era recheado e saboroso.

Como eu disse para o Rapha no restaurante, foi a primeira vez que veio um combinado onde eu gostava de todos os sushis, alguns diferentes como o que vinha batata palha e um com crispys de tempurá em cima, além dos hot rolls que estavam sempre quentes e crocantes. E realmente, todos os peixes eram frescos e as combinações foram extremamente corretas naquele dia.

Depois de todos os sushis, sashimis e temakis provados, pedi um teppanyaki de salmão que veio quente, embora o salmão não tivesse muito gosto, e  uma porção de tempurá mista que estava crocante e tinha uma massa leve. Porém, quando pedi já não estava mais com tanta fome por isso acabei não comendo tudo.

Depois de comer tudo isso eles ainda oferecem sobremesa, também ao estilo de comer o quanto puder, que tem sorvete, pudim, frutas, doce de leite e salada de frutas que foi a minha opção.  A salada tem frutas variadas que mata a vontade de doce logo após o rodízio.

140609-hakka-servico

Anúncios

2 comentários sobre “Dia dos Namorados no Hakka Sushi, na Vila Olímpia

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s