Coxinha da Cristallo, na Oscar Freire

140526-cristallo-01

bt-rotadacoxinha-02

Com mais de 20 lojas espalhadas pela cidade, a Cristallo é conhecida, entre outras coisas, por seus salgados, e em especial, sua coxinha. E como coxinha nunca é demais, fomos visitar a casa lá na Oscar Freire pra experimentar o quitute para o Rota da Coxinha. Mas será que o sabor é bom ou o tamanho razoável? E o preço, é justo? Veja se essa tem a chance de ser a melhor coxinha da cidade a partir de agora!

barra-post-ela

Era domingo, tava chovendo e frio quando sentamos em uma mesa da Cristallo na Oscar Freire. Eu esperava desembolsar uma boa grana por uma coxinha que sempre falaram muito bem. Realmente aconteceu: a coxinha custava R$6,50 e, sinceramente, aquelas coxinhas que vendem em feira são um milhão de vezes melhores. O preço é ainda mais absurdo porque quando pedi uma coxinha de frango, sem catupiry, veio um salgado que deve ter sido frito no dia anterior.

Quando você pede coxinha sem catupiry, sabe que ela vai ser mais seca que o comum, porém, o recheio era extremamente seco e sem gosto. Já a massa dava uma salvada, pois era macia e fofinha. Provavelmente se ela estivesse nova estaria bem mais gostosa do que a dita cuja daquele domingo.

O tamanho é aceitável, mas a ela realmente me decepcionou, pois o sabor não é o que você espera daquela coxinha, daquele lugar. Principalmente por ter tanto nome e por ser em um lugar super conhecido de São Paulo. Pode ser que a gente tenha tido azar naquele dia, mas eu não voltaria lá para experimentar de novo.

barra-post-ele

Vamos começar pelo começo. Com uma loja instalada na chique Oscar Freire, tudo que eu podia esperar era um preço bem salgado. E convenhamos, R$ 6,50 por uma coxinha não é o valor mais comum ou baixo que encontramos por aí. Claro que você não vai achar nesses lugares mais estruturados um salgado por menos de cinco reais, e eu até não vejo muito problema nisso. Mas tem que valer a pena.

E não vale.

O relógio marcava exatos 16h30 quando chegamos à lanchonete e pedimos duas coxinhas e uma Coca-Cola. Como de praxe, a minha era com catupiry, e a da Na, como ela já contou, sem. Eu comecei dizendo o horário pra mostrar que não estava tarde, então não existia motivo pra me entregar uma coxinha requentada. Sério. Em plena Oscar Freire. Não é nem pelo preço, mas por favor, vamos trabalhar com produtos frescos. É o mínimo que o consumidor pede. Fica bem chato ter que descer a lenha em uma casa famosa como a Cristallo, só que fica difícil quando algo assim acontece. Imagina minha cara depois da primeira mordida.

Pra não se esquecer de falar do tamanho, não é de todo ruim. Não espere uma supercoxinha gigante, cheia de recheio. Ainda mais por se tratar de um lugar todo chique. Mas poderia ser menor, o que tornaria a experiência ainda pior. Então nesse quesito vou colocar apenas normal, pra não ser tão mau.

140526-cristallo-servico

Anúncios

3 comentários sobre “Coxinha da Cristallo, na Oscar Freire

  1. A coxinha da Cristallo Pátio Paulista, shopping Center 3 e da galeria 2001 nos Jardins sao campeãs, uma delícia… São caras… (RS 6, 90)… mas para mim tbm sao as melhores… tem tbm da Benjamin Abrahao no Higienopolis (6, 50)…

    1. Tem tbm do lado de casa a padaria do gugu… padaria Brasileira 24 hs da rua Augusta. A coxinha é boa, uma boa opção tbm… a Bella Paulista vive tumultuada nos fins de semana.. por isso só vou em começo de semana e à noite…

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s