Croasonho, em Pinheiros

140314-croasonho-04b

Uma rede de franquias espalhadas por todo o país, talvez as lojas da Croasonho não pareçam o lugar mais apropriado para um jantar romântico com o seu amado, ou sua amada. Mas com o dia a dia corrido de todo mundo, pode se tornar o ponto pra um momento de sossego só para os dois. E nem só de bistrôs franceses vive um relacionamento, e em algumas oportunidades, é o que tem pra hoje. Confira a seguir um pouco da nossa experiência nesse canto de sossego na Pedroso de Moraes.

Ele

Vamos começar pelo mais importante: o lugar não vende croissants e sonhos, por mais óbvio que possa parecer. Sério. Eu realmente achei que a franquia vendesse os dois quitutes. Mas, depois de procurar e procurar no cardápio, vi que minha inocência era alta demais. São apenas croissants, doces e salgados, separados por uma infinidade de sabores.

Antes, é sempre bom dar uma geral no local. O ambiente é bem gostoso, e a loja é nova. Honestamente, não parece uma franquia, e talvez a casa escolhida ajude um pouco criar essa atmosfera. O salão é absurdamente grande, e percebi isso assim que entrei. Além das mesas na entrada, um longo corredor leva até aos fundos da loja, proporcionando um pouco de paz e calmaria, já que não é apenas um ambiente pequeno deixando todas as mesas quase coladas. Pontos pra decoração, cheia de plantas e tons calmos, sem aquele chapado vermelho e amarelo à la fast-foods conhecido (momento Decoração pra Casais).

Mas voltando para o que realmente interessa, eu e a Na não estávamos morrendo de fome nessa oportunidade, então decidimos dividir dois croissants: um salgado e um doce. E antes que você se pergunte como é possível, a Croasonho trabalha com três tamanhox do pãozinho francês: pequeno, médio e grande, que na verdade deveriam levar os nomes de ‘minúsculo’, ‘normal’ e ‘quero ser grande’.

Para o salgado, fomos na opção Frango com Cream Cheese e Bacon, que é bem destacado no cardápio com um enorme NOVO. A receita original ainda levava alface e tomate, o que decidimos tirar no pedido. E já fazendo um mea culpa, não deveríamos ter tirado o tomate, embora o alface – segundo a minha pessoa – realmente não combine com os ingredientes.

Não disse ainda, mas, claro, escolhemos o grande. E como eu já disse, o grande não é realmente grande. Dá pra ver pelo prato, que fica consideravelmente maior que o pão. Só que não é de todo mal. Pra  apenas uma pessoa, como pessoas normais geralmente fazem sem dividir um croissant, o tamanho é o suficiente pra matar a fome. Como dividimos, faltou aquele pedacinho de quero mais.

O sabor é gostoso, e o cream cheese dá liga no croissant. Enquanto o frango dá a consistência certa, e o bacon faz o tradicional papel de bacon, a pasta de queijo deixa a receita molhadinha, na medida que deixa a experiência de comer prazerosa. Como falei, provavelmente o tomate teria deixado ainda mais gostoso, mas foi um erro de principiante. Dá próxima vez, quem sabe.

Como o lugar não vende sonho, o jeito foi escolher uma das opções doces pra terminar a noite. De novo, nós dividimos um croissant grande, e pra ser mais exato, o Chocolate Preto com Nozes. E aí foi o nosso erro. Não porque é grande, mas porque vem recheio demais. De verdade. Dá uma olhada na galeria pra ver a quantidade de chocolate no prato. Não existe ponto branco no prato. O croissant é totalmente coberto de chocolate, assim como o prato, além de ser salpicado por nozes (não, não tem nozes dentro).

A primeira mordida foi bem gostosa, pois estamos falando de chocolate. Mas depois vem a segunda, a terceira e quarta, e todo aquele prazer em ter uma bomba calórica na sua frente vira um pesadelo. ‘Eu como, como, mas nunca acaba’ é algum dos pensamentos que podem surgir na hora, pois é verdade. Todavia (só pra não usar mas), não posso dizer nada ruim do croissant. O sabor é gostoso, mesmo que o croissant em si seja um pouco mais duro que a versão salgada.

Talvez o enjoo do croissant doce tenha sido resultado da minha bebida. Meus olhos brilharam quando vi essa parte do cardápio, cheia de smoothies e milk-shakes. Eu sou péssimo pra fazer escolhas gastronômicas. Posso ter que decidir a coisa mais difícil do mundo, mas não me pede pra decidir o almoço. Dez minutos depois, a gordice me fez escolher o ‘light’ milk-shake de avelã. E foi uma ótima escolha, porque o sorvete é uma delícia, bem saboroso, e o copo é até enfeitado na borda. Só que, de novo, é muito doce. E soma o doce do milk-shake com o doce do croissant pra você ter uma ideia de quão enjoado eu fiquei 15 minutos depois.

Pra não esquecer de falar dos preços, não é super barato. Pagamos R$ 16,55 no croissant salgado, enquanto outros R$ 16,75 foram investidos no doce e mais R$ 12,55 no shake. Se você for comparar com uma outra franquia de fast-food, o valor é um pouco mais alto que o habitual. Mas esses 20% de diferença valem pelo ambiente, pela novidade, e por descobrir que não existem sonhos na loja.

Ela

Acho que é a primeira vez que não concordo em muitas partes com o Rapha, primeiro que ele foi a única pessoa do mundo que acho que pelo nome tinha croissants e sonhos. Hahaha, mas tudo bem vamos por partes!

Quando cheguei tive uma boa impressão do lugar, porque o local é bem maior do que o esperado e é tudo novinho. Dá vontade de ficar. A atendente foi bem atenciosa, e pra variar não perguntamos o nome dela. Ela nos explicou que havia três tamanhos e logo foi buscar o “molde” para escolhermos o tamanho. O tamanho G é realmente grande! O Rapha não acha isso porque ele tem 3 metros de altura (e mesmo assim eu amo ele), mas para pessoas normais o tamanho G é ótimo!

E como o Rapha contou, pedimos o Frango com Cream Cheese e Bacon, o croissant é aquele de verdade do cardápio, que é folhado e tem massa leve. Não esses que você compra na esquina e tem tanta massa que você nem come inteiro. O recheio é muito saboroso, pedaços de frango, cream cheese ótimo e bacon, sempre sendo bacon. E tenho certeza que se o tomate tivesse ficado ia dar aquele toque especial que o tomate costumar dar (Nota dele: Desculpa, amor).

Terminamos e ai fomos escolher o doce. Como eu tinha escolhido o salgado, deixei o Rapha escolher o doce. Acredito que ele fez uma boa escolha, o chocolate era incrível! Bem recheado e com muito chocolate por cima, eu realmente amei o doce, apesar do tamanho G foi demais para nós, o ideal é pedir um médio e se não for dividir dá até para pedir o pequeno (Nota dele: Não, não dá!).

Eu experimentei o milk-shake do Rapha e achei muito bom também. Talvez não seja barato, mas a franquia possibilita um croissant que você não encontra em qualquer lugar, tanto doce quanto salgado. E também não é apenas um lanche, você consegue jantar com facilidade, já na hora do almoço eles oferecem pratos executivos. Além disso a casa oferece o combo do dia por R$14,90 , que é o croissant + refrigerante.

Anúncios

Um comentário sobre “Croasonho, em Pinheiros

Gostou? Deixa aqui sua opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s